0

MEDO

IMG_2352Fiz um desafio ontem – via redes sociais – e ao cumpri-lo na manhã de hoje, a constatação do que todo mundo sabe: quem tem – tem medo!

O desafio foi o seguinte: comparecer na Praça Ângelo Piazera no dia de hoje – das 09 às 17 horas – e fazer os testes rápidos disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde. Coisinha simples: hepatites virais B e C, Sífilis e HIV.

Preencher o formulário e coletar o sangue – até que vai.

Para alguns, os 30 minutos de espera pelo resultado passam voando. Para outros – salvo outra interpretação – é uma tortura inominável.

E por que? Os motivos são os básicos: sexo sem camisinha, compartilhamento de agulhas – cuidados que a pessoa só lembra na fila do resultado.

Fico angustiado em falar dos casos positivos para HIV. As pessoas andam descuidadas com a Aids.

Amanhã vou entrevistar a Fabi – ao vivo – pessoa responsável em dar os resultados para que teve coragem de ir. Vou pensar se pergunto sobre as positividades da hepatite e Aids. Sei que alguns exames foram repetidos – porque deram positivo na primeira avaliação.

A sensação de receber um exame positivo – vagamente falando – deve ser como abrir o abismo sob os pés! Claro que – hoje em dia e com tantos medicamentos – é possível ter qualidade de vida, mas o que isso desencadeia deve ser aflitivo.

O público compareceu: 250 pessoas! Alguns terão a vida modificada a partir de hoje!!

2

A GREVE CONTINUA

greve INSSBrasília deve estar vivendo dias de Torre de Babel – citada na Bíblia Sagrada no livro de Gênesis – cap. 11 e versículos de 1 a 9, ou seja, ninguém se entende.

É o que deve pensar os servidores do INSS que estão em greve. Há poucos dias, Giulio Tartaro – do comando de greve – disse que as negociações estavam emperradas pelo equipe econômica do Governo Federal. A entrevista foi veiculada no Studio Atualidades – www.studiofm.com.br – link : studio news

Pauta pra cá e pauta pra lá, as revindicações dos grevistas não passaram pelas mesas dos ministérios – nem de longe.

Tudo continua na estaca zero, o movimento foi ampliado e já são 26 estados engajados.

Segundo Giulio, o governo não apresentou nada, absolutamente nada!

A desculpa – última – é a seguinte: que os ministérios precisam conversar entre si. Fazenda e Previdência – apesar de lado a lado – não se falam, logo, as negociações não avançaram.

Entre as revindicações, estão: contratação de mais servidores, melhores condições de trabalho, incorporação das gratificações ao salário base (baixíssimo, por sinal) e fornecimento de materiais básicos para funcionamento das agências do INSS. Segundo os grevistas, os cortes no orçamento promovidos pelo Governo Federal – com a desculpa do ajuste – afetaram de papel sulfite ao áspero papel higiênico.

Imaginem a situação de quem precisa do atendimento do INSS!

Amanhã- terça-feira – Giulio Tartaro – do Sindisprev – falará ao vivo no Studio Atualidades.

4

OS RATOS AGRADECEM

IMG_2342A América Latina Logística foi generosa para com os ratos – mais uma vez – no final de semana.

O menú está sendo variado e farto: farelo de milho, milho e grãos de soja. Algumas centenas de quilos (sabe Deus se não são milhares) de soja foram distribuídos ao logo dos trilhos que cortam Jaraguá do Sul.

Os ratinhos, ratões e as ratazanas (gigantes – tão grandes que se parecem com capivaras) estão felizes, abastecidas e muitas já fizeram verdadeiros estoques de inverno.

A conta pelo desperdício deve entrar no “custo Brasil” e as desculpas são as mais esfarrapadas possíveis: ação de vândalos, problema na trava de segurança, o conteiner se abriu, choveu no Alasca, terremoto na China e por aí afora.

Enquanto isso, os ratos das mais variadas classificações – de camundongo a ratazana – agradecem, criam e procriam, abastecidos pelo “delivery da ALL”

Comida entregue na porta de casa!!

2

FUNCIONA ASSIM

balaoQuando leio representantes de partidos políticos dizendo com pompas e certezas:

– Ah! Teremos candidato na majoritária nas próximas eleições…

O meu raciocínio leva uma fração de segundos para uma resposta. Muitos não sabem, outros não avaliam e alguns sacam a jogada!

Vejamos: –

1 – A afirmação nem sempre é verdadeira e faz parte de um jogo

2 – Partido que afirma  – antecipadamente – que não terá candidato está liquidado, também antecipadamente.

3 – A informação de que “teremos candidato” deixa uma saída para possível negociação, caso contrário, a sigla já estará escanteada desde o início.

4 – A pessoa que diz “vamos disputar a majoritária” – geralmente – não sabe o que está falando e nem avaliou o que está afirmando. Na maioria das vezes, a estrutura de uma campanha nunca lhe passou pela cabeça. A bem da verdade, o conhecimento sobre estrutura nunca lhe passou nem perto.

5 – Pessoa inteligente dirá: ainda é muito cedo para avaliarmos o cenário, a conjuntura política do momento está tumultuada, mas trabalhamos num projeto que atenda aos anseios da população. Vamos construí-lo e apresentá-lo no momento oportuno. Se o eleitor entender que é satisfatório, a voz das ruas dará o aval.

6 – Hoje em dia e mais do que nunca, o eleitorado sabe avaliar a traição do voto: sujeito é eleito para alguma coisa e abandona tudo na metade do caminho, ou seja, mentiu na campanha anterior.

7 – Amadores falando de política não merecem crédito. Não passam de balão de ensaio! No máximo, a apresentação fica apenas no balão que não sobe.

Pretender adentrar o campo político com tanta certeza  e faltando tanto tempo para o pleito municipal, ou seja, antecipando uma campanha, só para quem possui muito fôlego.

Não presente momento não há ninguém tão preparado!!

3

TIRARAM O PINO DA GRANADA

telefonemaCidadão me chama no WhatsApp e diz que precisa me ligar!

Ligue!! Respondi!

Veio a ligação e a explicação:

– Preciso lhe fazer uma pergunta e lhe pedir uma orientação, posso?

– Manda lá!

– Tenho um problema de relacionamento com uma parente de 80 anos que mora comigo e a situação tem tomado contornos muito ruins e difíceis. Não sei como, a coisa toda foi parar num órgão público. Acabou que um (a) advogado (a) empregado (a) no serviço público veio na minha casa em horário de expediente, sem ser convidado (a) levou minha parente para uma conversa – provavelmente no local de trabalho – da qual fui impedido de participar! Isso pode?

Respirei fundo e perguntei:

– Você não chamou e aconteceu assim do nada? A pessoa não lhe explicou que se tratava de um “interesse fraternal” e que veio apenas falar com a família e a título de orientação, apaziguar os ânimos, prestatividade?

E o cidadão:

– Não! Inclusive – no dia que aconteceu – havia uma assistente social do Fórum na minha casa e eu estava filmando tudo. Coisa de precaução, entende?  Fiz cópia da filmagem e estou ligando para que me dê uma orientação: o que faço com as filmagens?

Nem titubeei e respondi:

– Faça duas cópias da gravação! Encaminhe uma para a Subseção da Ordem dos Advogados em Jaraguá do Sul e destine-a ao Conselho de Ética. Procure o Ministério Público – Curadoria da Moralidade – e entregue a segunda cópia. Nada além disso!!

O cidadão ficou muito agradecido e expressou isso!

– Eu? Estou bem, obrigado!! Mas acho que tiraram o pino da granada!!

3

FEIO NA FOTO

IMG_2327Esse negócio já vem rendendo (literalmente) há dias.

Primeiro foi uma falsa notícia, mentira deslavada, maldosa – e também criminosa – de que uma van estava sequestrando crianças. Nunca houve nada disso!

Porém, a atuação do com propostas comerciais de fotografias e tra lá lá – estava sendo ilegal.

Motivo: não cumpriram as exigências legais para com o FISCO Municipal.

Resultado: denúncia de um morador do Bairro Boa Vista – por volta de 10 horas da manhã – mobilizou a fiscalização que constatou o fato e as irregularidades.

O “estabelecimento móvel” foi notificado da proibição e os responsáveis alertados que: em caso de reincidência, além de multas, o veículo e demais “apetrechos” poderão ser apreendidos.

Ninguém é contra o labor de quem quer que seja, porém, o façam dentro dos preceitos legais.

1

AO VIVO

dieterVou entrevistar – ao vivo – nesta sexta-feira, o Prefeito de Jaraguá do Sul, Dieter Janssen (PP).

A entrevista será levada ao ar das 07.25 às 08.00 e pode ser acompanhada em tempo real no site da Studio FM.

Anote: www.studiofm.com.br

Quem quiser participar e enviar perguntas, os caminhos são os seguintes:

Pelo meu whatsapp: (47) 8838.6146

Pelo e-mail: redacao@studiofm.com.br

A participação poderá ser feita através dos comentários nesta postagem.

Já tenho bons assuntos na minha pauta, mas os leitores/ouvintes – os mais fiéis do sul do mundo – também podem participar.

Claro que vou falar dos 139 anos de Jaraguá do Sul, momento vivido pelo país, obras, conservação de ruas e etc.

Estou avisando com dois dias de antecedência para que todos tenham tempo  de formular os questionamentos.

3

APURANDO

whatsNa tarde de hoje – juntamente com o prefeito Dieter Janssen e o Secretário de Obras, Ideraldo Cole (PMDB) – lemos whatsapp que recebi de servidor público e que relata suposta saída de material (pedra, areia, seixo) sem o devido trâmite (ordem de serviço onde se especifica a destinação).

Claro que não revelei o remetente!

Prometi para ambos que vou apurar o caso detalhadamente. Segundo afirmou o Secretário de Obras, a constatação da veracidade da informação resultará em demissão.

Pois, a confirmação do transporte do material já foi feita por mim e o nome de quem expediu a ordem, também já foi confirmado. Tudo relatado para o Secretário Ideraldo – que jurou não saber de nada –  para  que as providências sejam tomadas.

O material (só hoje foram 4 cargas) teria sido levado até um campo de futebol no Bairro Santo Antonio.

Há dois questionamentos no presente caso:

1 – Por que o material teria supostamente saído sem a devida autorização, com assinatura de uma pessoa responsável e onde deveria constar a destinação?

2 – Se há dezenas de ruas em bairros precisando de manutenção, o material não deveria ter outra destinação que não seja um campo de futebol?

Há que se apurar – ainda – sobre a presença de assessores de vereador na Secretaria de Obras e que estariam “pressionando” pelo “favorzinho”.

Vou aguardar o posicionamento do titular da pasta – que pediu prazo até a próxima segunda-feira por motivo de viagem.

Fiquem espertos! No presente momento “estou bonzinho”…