3

DINHEIRO SOBRANDO: CARRO NOVO!!

FreemontEnquanto os mais diferentes recantos do país reclamam da falta de dinheiro, a “burra” da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul não enfrenta tal percalço.

Com um orçamento de até 6% da arrecadação do município por mês, a Mesa Diretora está com o “caixa alto”. Do percentual de repasse gasta 2,7%, ou seja, 3,3% está sobrando!!

E quando sobra qual a destinação? Gastar, obviamente!!

Notícias de bastidores, portanto, oficiosas – revelam a mais nova intenção da Mesa Diretora da Casa de Leis: comprar um carro novo para os edis, afinal de contas, ninguém é de ferro!!

E não é um carro comum!

Trata-se (segundo fontes fiéis) de um modelo Fiat SUV Freemont (Top de linha) e que não deve sair por menos de R$110.000,00.

É o que consta na tabela Fipe QUATRO RODAS, vejam:

Preço

Claro que tudo vem sendo mantido sob o mais absoluto segredo, mas como dizem: “as paredes têm ouvidos”.

Há quem diga que os veículos da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul são quase “inservíveis” e possuem um dedo de poeira. Tudo por conta do pouco uso!!

Estamos de olho!!!

 

2

TABULEIRO NA POLÍTICA

xadrez-politicoCom a aproximação das convenções partidárias, a movimentação no tabuleiro da política já começa a ser sentida e de forma mais intensa.

Fulano fará dobradinha com beltrano!

Cicrano vai se unir “não sei quem”!!

Tudo muito cedo e com muita água para passar sob (e sobre) as pontes da eleição de 2016.

Existem “egos demais” para espaços “de menos” e quando almejam a conquista do Poder, o que foi dito ontem já não vale para hoje e muito menos para amanhã.

Sobram especulações e “juras de amor”. Tudo mutante e dependente de um cenário que ainda não se definiu.

Por aqui e com muitos interesses, também passam as eleições para o Governo do Estado.

Nas tratativas, o pleito de 2018 acrescenta condimentos e temperos: teremos disputas para a Assembleia Legislativa do Estado, a Câmara dos Deputados, o Senado Federal.

Tolos, os que acreditam nos arroubos anunciados nos últimos dias.

Tudo não passa de “pirotecnia” e experimentos para sentir “a reação da plebe”.

Verdades mesmo – imutáveis – só depois do protocolo da ata convencional na Justiça Eleitoral.

2

JUSTIÇA DETERMINA DEMISSÃO

MacambúzioJá chegou na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, a determinação Judicial mandando demitir servidores nomeados pelo Presidente José Ozório de Ávila – o Zé da Farmácia.

São nomeações irregulares e que foram denunciadas ao Ministério Público – Curadoria da Moralidade.

Quer ler a íntegra da decisão?

Aqui, ó: Exoneração

E agora, José?

4

UM VICE, POR FAVOR

eleicoes-2016Prestes a dar a grande largada para o pleito eleitoral de 2016 -lembrando que serão apenas 45 dias de campanha – o grande problema está na “oferta” de um bom nome para ser candidato ao cargo de vice-prefeito.

Neste momento, o único Partido em condições de fazer tal oferta é o PSDB, e Lio Tironi – ex-Secretário Regional do Governo do Estado – leva sem nenhuma dificuldade dentro do partido e por uma razão muito simples: é o maior e melhor articulador político de Jaraguá do Sul nos últimos tempos.

Falo de cadeira e porque conheço o político. Trata-se de uma figura com faro para articular, propor, contemporizar, ajustar e isso vem desde os tempos em que era integrante do PTB  nos idos de 1992 (quando o Partido foi Fundado em Jaraguá do Sul de última hora pelo então Deputado Estadual Durval Vasel e ganhou as eleições).

As demais siglas (e me refiro aos chamados grandes partidos) não possuem nomes para oferecer na condição para ser Vice-Prefeito. Tentam arrumações que esbarram nos egos (mega inflados).

Não há como concorrer sozinho (a chamada chapa pura) e uma candidatura amparada por um rosário de partidos tende a ser rechaçada pelo eleitorado.

As peculiaridades eleitorais de 2016 (alterações da Lei) que impõem restrições – limite e candidatos ao Legislativo, limites de despesas – já está fazendo uma boa seleção, uma espécie de depuração e qualificação no pleito.

Vamos ver quem saberá conduzir o processo.

4

LAMBANÇA LEGISLATIVA

Sem nada mais importante para fazer – como se não existissem assuntos de interesse público e coletivo para tratar – a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul exagerou na ineficácia: resolveu dar um nome para a Fundação Cultural.

Pior! Sem ouvir interessados e nem a autoridade responsável pelo assunto: o Curador das Fundações junto ao Ministério Público.

Sem pé

É muita falta do que fazer!!

1

CONTAS, RECIBO E O PRESIDENTE COMIGO

IMG_4105

Na prestação de contas  para a imprensa e que foi feita pelo ex-diretor de esportes do Grêmio Esportivo Juventus de Jaraguá do Sul José Pereira -apesar dos insistentes pedidos que fiz – a direção do clube não conseguiu explicar muita coisa.

O ex-diretor que foi demitido e acusado pela direção do clube, apresentou comprovantes de despesas de R$21.997,00, explicou cada uma delas e lá pelas tantas, o recibo abaixo:

IMG_4114

Na coletiva, também revelou que o clube estava em débito para com ele: aluguel (2 meses) condomínios e salários. Passei uma semana procurando pelo vereador Jeferson de Oliveira (PSD) para as devidas explicações. Como todos sabem, o político não me atendeu e nem deu explicações. Numa das manifestações em grupo de whatsapp, o vereador chegou a dizer que “as acusações eram apenas de microfone e sem documentos”

O recibo acima não diz nada?

O Presidente do GE Juventus Sergio Meldola – interino, diga-se – esteve comigo na terça-feira (29/06) das 20 às 21 horas. Em 30 minutos de entrevistas disse – entre outras coisas – que sabia da discussão havida entre o vereador Jeferson de Oliveira e o ex-diretor de futebol, José Pereira.

Ao responder sobre o pedido de Jeferson de Oliveira – que pretendia ficar com R$5 mil de um patrocínio de R$15 mil ao clube – Meldola fez uma revelação intrigante: disse que Jeferson e Pereira eram sócios.

IMG_4120

Foi além: disse que ambos pretendiam dividir as sobras financeiras existentes no final do campeonato.

Na noite de sexta-feira (30 de junho), o próprio José Pereira informou que os seus salários haviam sido quitados, as dívidas com aluguel e condomínios compromissados em pagamento e que no decorrer da próxima semana, as partes (ele e o Presidente Meldola) farão uma nova coletiva com a imprensa para os devidos esclarecimentos.

Durmam com um barulho desses!!

4

NÚMERO 1

Número umMe disseram que fui eleito “o inimigo número 1 do PSD de Jaraguá do Sul!!

– Num primeiro momento fiquei “mega contente”, afinal de contas, o número 1?

O informante disse que: a “eleição” teria sido feita numa reunião da alta cúpula do Partido. Dependendo de quem tenha votado, o agrado é muito bem vindo!!

Por coincidência – as chances sempre surgem do nada – a prova dos nove foi tirada no sábado pela manhã. Me encontrei com o Presidente da sigla, Leonel Pradi Floriani e fiz a pergunta:

-Leonel! É verdade que fui eleito o inimigo número 1 do PSD de Jaraguá do Sul?

E ele respondeu:

– Mentira! Isso não é verdade! Se alguém tem que explicar alguma coisa, vá e explique!!

Vou acreditar no Presidente, apesar de que “number one” é “number one”, né?

Passarei a ser mais observador do que já sou e quem sabe descubro algo sobre “a escolha”.

 

0

TENTEI INSISTENTEMENTE

celular
Durante uma semana seguida (manhã, tarde e noite) liguei atrás do vereador Jeferson de Oliveira (PSD).

Durante o dia – em todos os dias da semana – a caçada também passou pela Câmara de Vereadores.

No período noturno – algumas vezes – liguei no celular do “nobre parlamentar”: (47) 9201-0116.

Salvo esteja muito enganado, o telefone do vereador sempre foi este!

Resultado? Nenhum!

O vereador não me atendeu! Anunciei no meu horário na Studio FM:

-Vereador! Nossos microfones estão ao seu inteiro dispor para os esclarecimentos acerca do episódio “Juventus”.

Nada!

De tanto ligar e não obter resposta, o jeito foi mostrar o que estava acontecendo:

– Liguei, gravei e mostrei!

Tudo para oportunizar ao vereador que apresentasse sua versão dos fatos.

Ninguém poderá dizer que “não ouvi o outro lado”.

8

A CASA CAIU

Jeferson OliveiraHá tempos venho dizendo que “o esporte não prospera em Jaraguá do Sul” por conta da pilantragem.

Com o Grêmio Esportivo Juventus, os casos remontam os “tempos de antão”.

Hoje, o ex-diretor esportivo da equipe (José Pereira) – pessoa íntegra e conhecedora do mundo do futebol – esteve comigo e revelou:

– O vereador Jeferson de Oliveira (PSD) pediu o desvio de parte do valor de um patrocínio para o próprio bolso.

Disse mais:

-Está forçando a recontratação de um adolescente (dispensado por não ter qualidades necessárias) porque quer dinheiro do pai do menino para a campanha política!

E não é só isso!

Existem “prints”de tela (conversas no Whatsapp) que revelam fatos ainda piores.

IMG_4104

A “campanha” citada pelo vereador seria do seu partido ou a própria?