6

UMA NO CRAVO …

… e outra na ferradura! Deveria ser assim, mas não é!

Tudo o que rende muito dinheiro de patrocínios, a mídia de modo geral exagera no espetáculo noticioso. Não foi diferente hoje com o incêndio no barracão de escolas de samba no Rio de Janeiro.

Gente chorando, descabelando, tendo chilique e eticétera!

– Nunca fui em carnaval na minha vida! Não gosto, não me faz bem, não é meu mundo, não é minha praia, portanto, se não existisse, não me faria falta nenhuma.

Mas não vejo os mesmos lamentos, a mesma choradeira, os mesmos “pitis” com a roubalheira que acontece no Brasil, no estado e no município do folião que estava lá tendo aquele “ataque dos nelvos”.

O filho do imbecil não tem escola de qualidade e ele nem liga.

O professor que ensina os primeiros passos do saber para o “Wandiscleison”, filho do folião, recebe uma miséria e ele não se descabela.

A filha do vizinho morre de leptospirose e ele nem aí. Mas chora e tem piripaques por causa da escola de samba.

Nem a mídia dá importância ao professor, à leptospirose, salvo em tragédias e como já foi dito aqui: quanto mais tragédia, mais exposição!

E depois querem me convencer que o Carnaval do Rio atrai turistas do mundo por causa do samba-enredo? Do carro alegórico? Daquele gari que é excelente de samba no pé?

– É sim!

Sergio Peron

6 Comentários

  1. cada povo com suas agruras. Lá eles também têm famíglia ( maia, garotinho, e por aí vai…) Deus que nos ajude..

  2. Como o drogado apela para o vicio para fugir das abominaçãos do mundo os carnavalescos vivem no seu mundinho de 30 min na passarela para fugir das injustiças e atrocidades que fazem com seu dinheiro. Querem melhor educação, saúde, salário, emprego querem tudo isso sim. Mas como enfrentar tuda essa decepção?
    Como o povo aqui em Jaraguá do Sul fecha os olhos para as merdas que fazem na prefeitura, lá eles apenas deviam seu foco para os unicos minutos de felicidade que tem, O CARNAVAL. Só me resta entender o que fazem aqui para desviar o foco. Não tem nada de interessante. Jornal que informa em vez de distorcer a noticia, um metido a Leão Lobo que mais parece um Pincher Sapo, rádios sem personalidade nenhuma.
    O que o povo desvia sua atenção aqui para não querer ver os erros absurdos da administração pública? Se alguém tiver a resposta por favor divulgue Peron.

  3. O prefeito disse que a reconstrução já começa na próxima semana. Pq não deixam esse carnaval de lado pelo menos uma vez na vida e mandem dinheiro lá pra Friburgo, Teresópolis,…será que lá não é mais importante??? Olhem o sofrimento daquele povo. Carnaval é só pra bicheiro ganhar dinheiro. Tá loco, tá na hora desse povo acordar.

  4. Peron….excelente, os dois comentarios (Pão e circo para o povo – Uma no cravo…).
    Mas de uma certa forma, tudo é reflexo da sociedade.
    Se a imprensa nacional fica veiculando samba, gari dançando, BBB, namoro na TV, é pq tem consumo.
    Quem consome? Os ignorantes que elegem seus agentes politicos.
    Resumo: Ignorantes elegendo ignorantes (no meio alguns espertinhos) que perpetuam este circulo vicioso.
    Resultado: Temos um Brasil, entre as dez potencias economicas, administrado por um ignorante, analfabeto, nunca trabalhou na vida, que vendia no “curriculum” sua vida sofrida. Ah, e que gosta do nr. 51.

  5. EU ODEIO O CARNAVAL!!!!!
    Isto não me representa, o foda é quando vc chega na Europa e diz que é brasileiro, eles falam, samba, carnival, pelé, mulata….
    Mas não é isto que o Brasil que vender pros gringos????

  6. bom dia blogueiros!
    Comungava das mesmas idéias de vcs. Nasci e me criei aqui. Porém conheço o Brasil muito em sua essencia pois sou curioso e me dou ao luxo de viajar quando posso. Tive a oportunidade de desfilar em algumas escolas no Rio de Janeiro e São Paulo, conheci os bastidores das escolas e o grau de profissionalismo que existe dentro delas. Gostaria como empresário de ter em minha empresa funcionários tão empenhados e dedicados como aqueles que ali trabalham.
    Pessoal! Carnaval é uma indústria que movimenta milhões. O que vendemos é algo inédito no mundo, na sua maneira de fazer. Exportamos para o mundo a alegria do povo brasileiro, carente de tantas necessidades básicas sim, mas precisamos dar ânimo a nossa população. Ninguém merece ter de enfrentar um LULA durante 8 anos e uma DILMA mais 4 e sem carnaval. VIVA A ALEGRIA, VIVA NOSSA AUTOESTIMA , VIVA NOSSA MANEIRA DE ENFRENTAR NOSSOS PROBLEMAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *