1

MUTIRÃO DE MENTIRINHA!

Vivemos mesmo num país de faz de conta, de ações paliativas, de remendos. Isso para não usar a expressão popular que mais traduz nossas situações: tudo feito nas coxas!

Venho acompanhando quietinho, no melhor estilo observador, o propalado “mutirão de cirurgias” anunciado pelo governo do Estado. Trata-se de uma esmola, de migalhas, de enjambração. Claro que é pior não ter, mas o que estão fazendo é uma esculhambação, é vilipendiar a dignidade humana.

Estão “sorteando” quem será atendido por uma cirurgia no tal mutirão e não aparece um ordinário de um deputado estadual (assim minúsculo mesmo) para falar, para criticar o ato chinfrim.

Não vamos nem somar os municípios de Schroeder, Corupá, Guaramirim e Massaranduba. Fiquemos apenas em Jaraguá do Sul onde milhares de pessoas esperam por uma cirurgia. Sim senhores, eu disse MILHARES.

Perguntem para quem precisa de oftalmologista, dermatologista, oncologista, ortopedista e outras tantas especialidades. A questão da saúde, segundo a Constituição Federal, é de dever da União, Estados e Municípios. O primeiro ente é uma piada, o segundo um arremedo e o terceiro um fiasco. No caso de Jaraguá do Sul, destinam R$730.000,00 para a roubalheira do futebol de salão, enquanto algumas centenas de pessoas estão ficando cegas por causa de catarata.

– Vi hoje no Jornal do Almoço da RBS-TV, o caso do jaraguaense Floriano – necessita de um angiologista – com problema sério de varizes. Espera há tempos uma vaga pelo SUS e não sabe se receberá o milagre de ser sorteado no “mutirão do Raimundão”.

Enquanto isso, o mesmo governo de Raimundo Colombo-PSD, destina R$600.000,00 para um evento de moda do grupo RBS e que foi realizado recentemente, o tal Dona Fashion. A verba saiu da secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, cujo titular é Cesar Souza Junior.

Por falar em governo do Estado, nem vamos nos estender nos casos dos “amigos nomeados” com salários pequenos, mas que recebem 20 diárias de R$250,00 cada por mês, no gabinete do governador e do vice.

Fiquemos em Jaraguá do Sul. Há uma situação emergencial na saúde: por falta de médicos, por falta de atendimento do SUS, o que justificaria a compra de cirurgias, consultas e outros procedimentos médicos. Mas aqui eles preferem dar dinheiro para uma empresa que realiza contratações irregulares, leia-se Becku’s de São Bento do Sul, para os desvios do “futesal”, para o Encontro de Mestres-Salas e Porta-Bandeiras, para a SCAR que possui um débito social imenso, para a Associação de Músicos de Pomerode, tentaram e recuaram após denúncia nossa -repassar mais dinheiro para a tal ADJ, leia-se futesal. E assim vai, sem que tenha um único com coragem para falar alguma coisa.

Temos um país onde se absolve parlamentar flagrada recebendo dinheiro, um Estado onde os deputados são na grande maioria compromissados com o governo e um município onde a Câmara de Vereadores não existe.

Sergio Peron

Um comentário

  1. A saúde estadual vai ser referência para todo o brasil; ( mentira )
    Frases do colombo em epoca de campanha
    na verdade nunca me enganou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *