16

NÃO ACABOU

Se alguém acha que todo processo eleitoral terminou, está tudo definido, preste atenção:

Há muita água para passar sob a ponte. Dependendo da decisão judicial, passará “sobre”.

Vou explicar resumidamente:

Por ocasião do pedido de registro de candidatura da postulante Maristela Menel (PSD) – ex-secretária de habitação de Sodoma & Gomorra – a Justiça Eleitoral foi acionada. Entre os argumentos do pedido de impugnação do registro, a parte citou que a pretensa candidata havia se desincompatibilizado do cargo de direito (no papel), mas não de fato, pois, continuava nas dependência do Paço 0 na antiga sala, dando ordens e tra lá lá – afim de amealhar alguns sufrágios (acho ótemo amealhar sufrágios).

A Justiça Divina deve saber os motivos pelos quais até o presente momento o caso ainda não foi sentenciado. Talvez, a oitiva de testemunhas, notificações e eticétera, tenham impedido a celeridade do processo. Caso o ilícito venha a ser comprovado, a tendência é pela nulidade dos votos. Simploriamente, algo assim: não possui registro ou registro anulado, invalida-se os votos.

E daí?

Well! Com a nulidade dos votos recebidos pela candidata Maristela Menel – 1.684 para ser mais exato – altera-se o quociente eleitoral.

E daí?

Très bien! O PP – Partido Progressista – que elegeu Dieter Janssen, conseguiu fazer dois vereadores por conta da maior sobra eleitoral, sendo que o professor Arlindo Rincos com 1010 votos será o afetado.

E dai?

Ocurre lo siguiente: O DEM – Democratas – que não conseguiu legenda pela falta de 150 votos, passa a ser o beneficiado direto e o postulante Charles Salvador – com 765 votos poderá ser conduzido ao Legislativo.

Vejam bem:

-Tudo isso ocorrerá, caso a Justiça Eleitoral entenda que de fato a candidata Maristela Menel usou do cargo para conseguir votos e restar provado nos autos, a suposta infração sob júdice.

PS. Estou mostrando que domino 3 idiomas!

Atualizando: O correto é ROGERIO JUNG – da Coligação PCdoB-DEM-PHS-PMN – que fez 1.292 votos e não DEM.

Sergio Peron

16 Comentários

  1. peron tem gente que estava com a gente é ruim de engolir vovó mafalda não é facil

  2. o DEM estava coligado na proporcional, acredito que teve candidato com mais voto que o Charles.

  3. Peron, aproveitando o tema, pergunto se no caso da prefeita for condenada no pleno do STE haverá alguma mudança em relação aos votos dos vereadores de sua coligação??

  4. Só pra lembrar, a vovó Mafalda aí do post (Maristela Menel), quando o Irineu foi prefeito
    era vereadora pela situação, com e eleição do Moacir, continuou sendo situação, na Eleição da
    Ciça também, e agora será que o Dieter vai arrumar um carguinho em comissão pra ela vir para a situação tbem?

  5. Lembrando que um cand. de uma cidade vizinha ganhou a eleição e na vai ass. pois cometeu crime atearão fogo em 4 sofas e ferra. com o cara tem gente falando demais quuidado o videio ja esta com m. publico tem gente ligada

  6. JM
    Parler français depuis les premiers temps de la salle de gym. Appris et n’a jamais oublié. Je pense à écrire dans la langue de Napoléon !

  7. sOla………………………………………………????…………………………….O QUE???

  8. Só se houver uma impugnação em relação a diplomação… e suplente também é diplomado…

  9. É verdade Denílson o DEM estava coligado na proporcional com o PC do B, PHS E PMN ,por isso quem ocuparia a vaga seria ROGÉRIO JUNG do PC do B, que fez 1.292 votos sendo o mais votado da coligação

  10. É Peron….. Acho que o ROGERIO JUNG seria o dono da vaga!! se realmente for acho teria que ser feita uma correção em seu comentário, seria justo com o candidato……..

  11. Um novo maluco chega ao hospício, e os funcionários advertem o diretor: – Outro cara que pensa ser o grande general francês Napoleão. Ao que o diretor responde:
    – Pois então coloquem o cara junto com o outro que também pensa ser Napoleão; os dois conversando vão acabar chegando à conclusão de que nenhum deles é Napoleão.
    Assim fizeram os funcionários, mas ao conduzirem o “novo Napoleão” à sua cela, notaram que o mesmo tinha uns trejeitos um tanto esquisitos, meio que rebolava ao andar, etc.
    Dias depois, após algumas noites um tanto barulhentas naquela cela, foram lá e retiraram da cela o paciente mais antigo e perguntaram: – Quem é o senhor? Ao que o cara respondeu prontamente: – Mas que pergunta! Sou Napoleão, o imperador de França!
    – Lamentaram-se os funcionários porque um dos dois ainda não estava curado. Mas então retiraram o outro paciente da cela e fizeram-lhe a mesma pergunta:
    – Quem é você? – Respondeu o outro: – Bem, se ele é Napoleão, então eu sou a imperatriz Josefine!

  12. O caso Maristela, Vai dar pano pra manga, conforme narração de Peron (…), Engrossa o caldo quando a dona justa souber, e,se provado que a Secretára adquiriu Apartamento, do sistema Minha Casa, Minha Vida. Se, assim for verdade “usou do cargo público em proveito próprio ” Deixando inúmeras familias a ver navios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *