11

OS IGNORANTES E OS MENTIROSOS

A ignorância é a porta aberta para as intenções irreveláveis.

– A frase é minha, mas poderia ser de um grande pensador da nossa história …(é que hoje minha modéstia está em alta …ha ha ha ha).

Vou falar sério:

– O que pretendo dizer com isso é que a imprensa (salvo raros casos) perdeu a capacidade de investigar, de contestar, até de interpretar e passou a ser mera publicadora das falácias dos bufões de plantão. Alguns fazem propositadamente, porque são regiamente pagos.

Há – no presente caso – emissora de rádio que abre generosos espaços para a repercussão da mentira e o pior: acreditam e querem que seus ouvintes entrem na mesma canoa furada, na mentira deslavada.

Andaram apregoando: PREFEITA CECÍLIA KONELL NÃO É FICHA SUJA

Vou dizer uma coisinha para os leitores e leitoras:

– Se ela não é ficha suja, em breve serei canonizado como o primeiro santo vivo de Jaraguá do Sul – a nossa Sodoma&Gomorra – com panteão de homenagem e tudo.

A decisão do TSE – Tribunal Superior Eleitoral – é simples de entender e qualquer pessoa de inteligência mediana (nem precisa ser advogado para isso) saberá interpretar o que está escrito. Vejam onde grifei em vermelho:

Já que alguns insistem na ignorância e outros não conseguem decifrar por absoluta incapacidade, vamos transformar em miúdos. O que a Ministra Luciana Lóssio quis dizer, é o seguinte:

“Já que houve a eleição e o escolhido obteve mais de 54,41% dos votos, não há porque julgar o pedido de registro de candidatura. Se a mulher já perdeu a eleição, o que interessa o registro? O pedido feito à Justiça Eleitoral perdeu o objeto. Por que atravancar ainda mais os trabalhos no TSE, se o resultado não vai mais interferir no pleito eleitoral? A única possibilidade de interferência – se ocorrer um impedimento de diplomação do prefeito eleito, por exemplo – é com a realização de uma nova eleição”.

– Para o TSE, a Cecil, digo a Inês é morta!

Ainda assim e para ficar bem claro, vamos dar um outro exemplo numa situação diferente:

O dono de um imóvel alugado, aciona a Justiça porque seu inquilino não paga o aluguel. Pretende despejar o devedor. Antes do julgamento que pode resultar em ordem de despejo, o sujeito deixa o imóvel e comunica o fato por escrito para a Justiça. Pergunto:

– O juiz que deveria julgar o caso, vai mandar despejar o dito inquilino ou dirá apenas que a ação perdeu o objeto?

E ainda há os que acreditam nas mentiras…

Sergio Peron

11 Comentários

  1. Sempre lembrando que não temos imprensa em Jaraguá, Peron. Só vendedores de anúncio e negociadores. É bom lembrar que muitos dos que se dizem da imprensa arrotam moralidade, bombardeiam tudo que é público, mas quase todo mês vão atrás do dim dim dos políticos e andam rondando a prefeitura e a câmara atrás de um cargo. É hipocrisia pura.

  2. Peron, tua abordagem é juridicamente correta. Caso o Dieter tivesse obtido votação inferior a 50% dos votos válidos a lei preconiza que em caso de impugnação da diplomação ou da posse do prefeito eleito o segundo colocado assumiria (no caso a Cecília) e então o recurso deveria ser julgado para determinar-se que ela era FICHA SUJA e a posse seria para o terceiro colocado (Moacir) que também tem processos em tramitação…
    Concluindo: Dieter mais de 50% dos votos (que surra!) não existe a necessidade de julgar a impugnação do registro da candidatura da Cecília pois em nada iria alterar a situação existente, mas observe, os processos que geraram condenação colegiada continuam a surtir efeitos (inegelibilidade) dos réus.
    Só os cegos, o PD e jornalistas desinformados não sabem interpretar o texto legal.

  3. É, uns e outros não sabem interpretar e é por isso que o PD vendeu-lhes o peixe embalado do jeito que ele sabe bem: distorcendo os fatos à sua conveniência. Mas justiça seja feita: isso não saiu só na rádio anão. Saiu na outra também, que eu ouvi.

  4. Falando em imprensa, tem um jornal aqui na city que se diz de vanguarda, e, é tão de vanguarda mas, tão de vanguarda que perdeu o registro do domínio “www.folhasc.com.br”.
    PRovavelmente esqueceram de pagar a anuidade junto ao RegistroBR, órgão gestor de registro de domínios de internet no Brasil.
    Mas, isso até que não é de causar estranheza, pois, a visão comercial (tacanha) da direção do Jornal de Vanguarda ainda acha que os jornais on-line são pouco lidos.
    Segundo palavras do proprietário “de fato”, jornal na internet não tá com nada, ninguém gosta de ler jornais e revistas em Pcs, notebooks ou tablets. O negócio deles é vender jornal impresso, e não estão nem aí para a edição on-line.

  5. Porque será que no pergaminho acima em que o despacho da MM não tem timbre?/????
    esá correto ? ou quem postou preferiu não identificar da onde se extraiu?

  6. Porque será que no pergaminho acima, o despacho da MM não tem timbre?/????
    está correto ? ou quem postou preferiu não identificar ?

  7. PENSADOR!
    O documento acima é verdadeiro.
    Acontece que: quando você faz uma cópia de um documento em PDF para Word, não transfere imagens.
    Apenas e tão somente isso!

  8. A Patrícia da Folhasc, ainda está sendo infuenciada e acreditando nas mentiras e lorotas de uns mentecaptos do Koronel e sua trupe, pois colocar uma manchete CECILIA É FICHA LIMPA, é no mínimo uma piada de mau gosto e uma demonstração de desleixo e falta de inteligência, pois basta ler a decisão democrática que se chega a conclusão que foi explicada com todas as letras pelo Peron, e, novamente sou obrigado a dar nota ZERO para a ela, infelizmente pq acho que é gente boa na função errada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *