12

ENCONTRO COM LOJISTAS

O prefeito de Jaraguá do Sul Dieter Janssen e o vice-prefeito Jaime Negherbon estiveram reunidos, na tarde de quinta-feira (28/01), com a diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Jaraguá do Sul.

A reunião foi solicitada pelos representantes dos lojistas para tratar de assuntos de interesse da categoria com a administração municipal.
A Vice-Presidente para Assuntos do Comércio da ACIJS, Regiane Rodrigues, apresentou projeto de Mobilidade Urbana ao prefeito e vice, que solicita mudanças no horário de início das aulas no período noturno, facilitando o acesso do trabalhadores do comércio e serviços às instituições de ensino da cidade, maior disponibilidade de deslocamento do trabalho para as instituições de ensino e destas para suas residências e o plantão dos centros de educação infantil acompanhando o horário do comércio.
O prefeito disse que vai analisar as solicitações quanto ao trânsito e a educação. Já na pauta com a CDL foram tratados assuntos como o aumento das vias co ciclofaixas, horários e a coleta de material reciclável, coleta do lixo orgânico no centro aos finais de semana, revitalização do calçadão da Marechal Deodoro, comércio informal, decoração natalina, ações na saúde e o aumento das linhas e ônibus.

Ricardo Portelinha
Diretoria de Comunicação

Sergio Peron

12 Comentários

  1. Mudança no horario de inicio das aulas noturnas?? vixee.. isso não é facil…!! e daria um rebú danado!!

  2. Revitalização do calçadão? Pra quê? Querem pintar de ouro, talvez? Essa semana flagrei uma funcionária de uma loja DEPOSITANDO UM PUT@ SACO DE LIXO junto a um daqueles vasos em pleno calçadão na 2a-feira de manhã. Tem que organizar isso daí de alguma outra forma. O próprio comércio esculhamba com o centro.

  3. chupinzada.vao dar treinamento para seus funcionarios.e solte antes os jovens para poder estudar.caras de pau.

  4. Escravidão financeira! Viva para trababalhar (e não trabalhe para viver melhor)! O mundo, família, filhos, educação, ensino, evolução humana condicionada às vontades do comércio!!
    Claro como não pensamos nisso antes? A reforma do calçadão deve ser para instalar um tronco para os comerciários…

  5. Muito boa a parte que fala sobre as ciclovias. Muito bom ter implantado mais alguns metros. Só que não adianta ter ciclovia e ser usada de estacionamento por logistas, como na marechal (calçadão) que você usando a bicicleta e se depara com o veículo estacionado sobre a ciclovia, ao reclamar lhe perguntam: Não sabe sair fora não oh otário. E ao acionar o 190 e esperar 55 minutos e não ser atendido, qualquer mortal desiste. Querem tirar a prova do que falo, passem na dita rua após as 17 horas.

  6. Não faço compras em estabelicimentos que abrem aos domimgo faz anos, domingo é dia de ficar com a familha.deveriam estar descutindo isso bando de sangue sugas.

  7. Mudança no horário de início das aulas no período noturno, para não ter que liberar o estudante antes do horário? Isso é o fim, educação deve ser prioridade. Então se bem entendi o coitado do estudante vai trabalhar o dia todo e a noite vai ficar na escola até mais tarde, porque escola tem carga horária para ser cumprida. E os coitados dos professores que também trabalham o dia inteiro terão que trabalhar até mais tarde para fazer as vontades de gente que só pensa no seu próprio bolso.

  8. É pra acabar mesmo, só porque o bando de sangue-suga(que são os donos de loja e comercio em geral)esploram os funcionarios até não poder mais,os outro alunos terão que pagar o pato tambem.

  9. O Dieter e o Sérgio ficam fazendo relatórios e prestações de contas para a CDL e Acijs e esquecem da amazônica maioria do povo que não tem informação alguma. Deveriam, de forma simplificada e entendível por todos, publicar (folheto, jornal, rádio, outdoor…) Quanto a prefeitura arrecadou no mês (ICMS, ISS, IPTU etc.) quanto gastou com pessoal, manutenção da máquina (por secretaria) e investimento… claro , rápido e rasteiro ! Ou não interessa ? Deveria ainda comparar com o governo passado (*médias anuais). Ou esqueceram da promessa de transparência ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *