17

SILENTE

Desde o último dia 4 de maio, a população de Jaraguá do Sul aguarda esclarecimentos do órgão (in)competente sobre a mortandade de peixes nos rios Jaraguá e Itapocu – que cortam a cidade.

Quem não viu a foto abaixo?

Alguns falaram em centenas de quilos de peixes mortos. Outros – com perdão do exagero – coisa de uma tonelada.

A quantidade é de somenas importância! O caso é que: até o presente momento ninguém disse mais nada sobre o assunto e tudo leva a crer que cairá no esquecimento. Será apenas mais uma agressão ao meio ambiente e sem nenhuma punição.

Cadê a FUJAMA – Fundação Jaraguaense do Meio Ambiente?

O que terá sido feito das amostras de água que foram coletadas para posterior análise laboratorial?

– Só falta alguém dizer que as amostras sumiram, o que não é de se duvidar!!

O caso vai ficar assim?

Estão brincando de administração pública! Alguns vivem diuturnamente o encanto do Poder e outros se deixam levar pelo Poder que causa encanto.

Estão transformando Jaraguá do Sul na “Neverland” catarinense!

PS. Achei o autor da foto que também fez um vídeo e estou dando o devido crédito.

Para assistir, clique aqui: http://www.youtube.com/watch?v=zyI36U26sFI

Sergio Peron

17 Comentários

  1. Peron, na época ouvi falar que o laudo estaria pronto em algumas semanas. Será que o laudo realmente foi encaminhado? Uma resposta tem que ser dada para a população. Afinal, uma cidade “Gigante pela natureza” não deveria permitir que crimes como esse ficassem impunes.

  2. Tem outro crime ambiental que caiu no esquecimento Peron!!! Aquela terraplanagem feita no período noturno atrás da AMVALI! LEMBRA???

  3. Quem sabe o mordomia pode mandar aqueles e-mails dele pro prefeito pra resolver nossas dúvidas a respeito dos dois casos de crime ambiental, que todo mundo sabe quem foi mas “ninguém sabe quem foi…”

  4. Acompanhei por acaso uma limpeza de tubulação do esgoto sanitário na região da SCAR há um ano, onde os funcionários retiravam dos tubos um tecido de malha GRANDE, entre outros objetos estranhos e pior, ÁGUA TINGIDA DE VERMELHO, num claro flagrante de alguma poluição de tinturaria, malharia ou coisa assim.

    Quando perguntei o que aconteceria, se haveria denúncia, etc, os funcionários limitaram-se a dizer que não adiantaria nada encaminhar denúncia porque segundo eles, dependendo de QUEM seja o infrator, qualquer denúncia simplesmente NÃO SOBE as hierarquias tramitais, etc etc…

    Deu pra entender, né não? Ou seja, QUEM TEM BALA NA AGULHA NÃO SE INCOMODA COM “O QUE VEM DE BAIXO”. Isso foi na adm passada, se o povo que tá lá “em cima” continua o mesmo, o resto da história fica por conta da imaginação….

  5. Em Jaraguá do Sul a Secretaria de Meio Ambiente, a Vigilância Sanitária e Posturas da prefeitura servem um único patrão: O PODER DO DINHEIRO! O resto é povão e eles não estão nem ai!
    Muito pro Ministério público fazer …. se quiser …..

  6. Não são apenas os peixes, mas toda uma fauna que vive nas pequenas áreas verdes que margeiam os rios de nossa região. Sem contar o fato de que nós mesmos bebemos essa água. Aló, alô FUJAMA, vai ficar assim?

  7. COMO EM OUTRAS CIDADES, JARAGUA DO SUL NÃO É DIFERENTE , DIRETORES OU SECRETARIOS SÃO INDICAÇÃO DOS EMPRESARIOS DA CIDADE , ENTÃO NÃO HAVERA PUNIÇÃO PRA NINGUEM. NÃO FIQUEM NA EXPETATIVA NADA SERA FEITO.

  8. Andei viajando e por vários dias fora de Jaraguá do Sul. Não seria este silêncio orientação da cúpula da “Presidenta”??? Sim, porque o partido dela e ensinado por aquele que nunca sabe de nada, usa essa prática de ficar no maior silêncio e não explicar nada e assim tudo é esquecido. Alguns deles estão no Governo municipal e já pensam que mandam e devem estar dando aulas sobre o assunto. Pena e a população e os peixes pagam o pato. Aliás, o pato se tentar engolir um peixinho pagará duas vezes, uma simbólica e outra pela vida, por ter engolido o peixe envenenado.

  9. SE OS VAGABUNDOS IRRESPONSÁVEIS NAO QUEREM PAGAR A MULTA MANDEM ELES COMPRAR A QUANTIDADE DE QUILO DE PEIXE QUE FOI MORTO E COLOCAR DE VOLTA NOS RIOS BANDO DE ENERGÚMENOS !!!

  10. Este é o papel da FUJAMA.
    Criar enormes dificuldades para muitos empreendedores na cidade.
    Até para o MEI em muitos casos, exigem uma Licença Prévia Simplificada.
    Me diz uma coisa? prá quê isso?
    Só pode ser para encaixe no cabide…senão falta espaço…
    Assim, quem está por cima, continua alto.

  11. Era uma vez um atirador que gostaria de ser dirigente cultural e acabou na ambiental mas presidindo a festa tradicional…

    A propósito, este João Prim aí da parte de cima é aquele que o povo não aceitou mais como vereador ? A voz do povo …, porque não te calas cara ? O povo já te riscou do caderno !

  12. hum, senti falta dos papos furados e das defesas indefensáveis do flavio e do mordomia, sobre esse caso. vai ver foi suicidio de peixes. kd essas 2 malas? kkkkkk

  13. O Indignado, não tarda e eles estão aí. Fiquei sabendo que chegaram de Brasília.!

  14. Nem tão atenta, o Flávio (bom sujeito na verdade) se queimou com o blogueirol e com o tal de chupacako – que não sai do pé dele – , deve estar lendo mas não deve comentar tão cedo, e o Mordomia acho que “jogou a toalha”, é muita m… pra pouco tempo de mandato e aí não tem santo que ajude a segurar a trolha grossa. Depois do caso da vovó Mafalda então, fud*#$%… de vez!

  15. Ponto de Vista fora da Curva… Se você não conhece a Legislação, procure conhecer antes de falar.
    Primeiro, o que a Fujama pede não é Licença Ambiental Simplificada e sim Xertidão de Cadastramento Ambiental SImplificada.
    Esta é uma maneira de não complicar a vida das empresas MEI. Nem ART eles pedem neste processo. Simplificaram pra beneficiar os MEI. EU sou MEI também e agradeço por isso.
    Nós nem a taxa precisamos pagar, enquanto as demais empresas precisam.
    Ou será que você prefere fazer um licenciamento ambiental completo e que pode demorar meses para ser liberado? Principalmente se for na FATMA.
    Eu não tenho o que reclamar da Fujama, pois todas as vezes que precise dos serviços deles, fui prontamente atendido.
    Ah… e como eu disse, procure conhecer a legislação, pois essa certidão não é coisa da cabeça deles. É LEI! E que cumpra-se a LEI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *