6

GESTAÇÃO DE BARDOTO

Este espaço – democrático e justo – também é cultura!

Bardoto (animal da foto – que merece um clique para ampliar) é o resultado do cruzamento entre um cavalo e uma jumenta, assim chamado em algumas regiões do Brasil.

Do cruzamento do jumento com a égua nasce o burro ou sua fêmea, a mula.  Como derivam de espécies diferentes, esses animais são estéreis, portanto, o termo “mais difícil que cria de mula” possui lá sua procedência.

Para égua prenha de jumento, o tempo médio de gestação é de 360 a 375 ou mais dias, enquanto leva de 335 a 345 dias o período para nascer o filhote da reprodução entre cavalo e égua.

A analogia se faz necessária para uma explicação:

Transcorridos mais de 2 meses (65 dias hoje) a FUJAMA (Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente) – num esforço hercúleo e jamais visto – ainda não conseguiu esclarecer para a população, a mortandade de peixes (toneladas e mais toneladas) ocorrida no Rio Jaraguá e que ficaram expostas nos torvelinhos do curso d’água.

– Puxa!! Torvelinhos foi “ótemo”!!

Devem ter pedido o auxílio da NASA, quiçá, ao PENTAGONO.

Publiquei acerca do tema, aqui ó: http://sergioaperon.com.br/?p=23572

Outras ilações pululam, tomam corpo:

– As amostras d’água que foram coletadas foram analisadas?

– Será que estão formando uma comissão para avaliar a agressão à natureza?

– Será que estão com medo (pavor, seria o correto) em divulgar a autoria?

– Vão divulgar a autoria ou será mais uma “desconhecida”?

O trato do interesse público – como é contumaz – possui a velocidade da gestação do Bardoto.

Sergio Peron

6 Comentários

  1. Será que vamos ter que fazer uma manifestação, para obter respostas?! Deve se tratar de algum grandão! Vendidos

  2. Será que o OBAMA não sabe? Olha lá que talvez tenha interceptado alguma ligação sobre o assunto… facilitaria em muito..bem, deixa para lá, afinal os peixinhos já morreram mesmo. Senão seria capaz vir uma ordem judicial obrigando o extermínio do cardume, por ingestão de material que poderia vir a causar algum dano ao ser humano…

  3. Já foi assumido que não identificaram, veja o que diz o Leocádio na nota:

    “Em maio, quando ocorreu aquela mortandade de peixes no Rio da Luz, percebemos que existe irresponsabilidade de algumas empresas em despejar efluentes em desacordo com a lei. Na ocasião, não conseguimos identificar a origem da poluição e, por isso, concluiu-se que há necessidade de um controle mas rigoroso.”

    http://anoticia.clicrbs.com.br/sc/geral/an-jaragua/noticia/2013/07/fundacao-do-meio-ambiente-de-jaragua-do-sul-comeca-a-fiscalizar-empresas-4187717.html

  4. Conversa pra boi dormirrrrrrrr, existem coisas nesta terrinha que nem Freud explica, qual o interesse que manter em sigilo a empresa, empresários FDP fodem com tudo e ficam ai de bonzinhos, ajudando os hospitais para ter uma consiência mais tranquila, veja bem, mas eu ajudo. Enchem os bolsos de grana em cima da destruição da natureza e quando a água bate na bunda ficam dizendo que não é com eles o problema.

  5. como é eleitor burro, usurpador de gansos compartilhe, muito interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *