5

INCITATUS

Não há como esquecer a riquíssima literatura e as aberrações da política ao longo dos séculos.

Pensando nisso, o paralelo, a analogia fica inevitável:

Narra a história que o imperador romano Calígula (37-41 d.C.), possuía um cavalo de nome Incitatus (que em latim significa impetuoso), o seu preferido.

De acordo com o escritor Suetónio na sua biografia de Calígula, Incitatus tinha cerca de dezoito criados pessoais, era enfeitado com um colar de pedras preciosas e dormia no meio de mantas de cor púrpura (a cor púrpura era destinada somente aos trajes imperiais, ou seja, era um monopólio real). Foi-lhe também dedicada uma estátua em tamanho real de mármore com um pedestal em marfim. Conta a história que Calígula incluiu o nome de Incitatus no rol dos senadores e ponderou a hipótese de fazer dele cônsul.

Não dá a impressão que estamos na Roma de Calígula?

– Ave Cesar!!

Sergio Peron

5 Comentários

  1. Corretíssimo, Peron.
    A nível nacional, se substituirmos o cavalo por uma mula e calígula por um sapobarbudo, poderemos saudar:
    Ave Lula!!

  2. Kumlem bêbado dirigindo… ESTE É O NOVO! Jaraguá piada nacional!!! COM A PALAVRA O CORREIO DO POVO

  3. Nomear um cavalo como Senador, por mais que pareça bizarro, seria até um ELOGIO diante de certos JUMENTOS que já temos naquela M de Congresso Nacional… bando de picaretas… VOTARAM CONTRA A DIMINUIÇÃO DA MAIORIDADE PENAL PARA PROTEGER SEUS “JOVENZINHOS BANDIDOS TÃO CARENTEZINHOS DE UMA ABRAÇO, DE UMA ATENÇÃO MATERNAL…” POIS LEVEM ESSA CAMBADA PRA CUIDAR EM SUAS CASAS SEUS ORDINÁRIOS! ISSO OS NOBRES CONGRESSISTAS NÃO FAZEM, NÉ NÃO? É SÓ NO RABO DO POVO, SEMPRE NA BUNDA DO POVO, SOCA NO CU DO POVO… vão vendo CAMBADA, um dia vocês levam uma gravata na janela do carro de algum bandidinho mirim que vocês ajudaram a proteger e aí vão CAGAR NAS CALÇAS E SENTAR EM CIMA!

  4. É… a diferença é que Roma tinha UM Incitatus, todo mimado. Jaraguá tem onze jumentos mimados e um imperador bom vivant, que, ao contrário de Caligula, não decide nada. E Jaraguá Insanus tem um bando de secetarios que juram serem pedras preciosas, mas que na realidade são e fazem na cidade só o que os jumentos deixam no chão após a digestão se completar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *