5

MENSALINHO/ACHACADOS

divisãoFui procurado por um assessor legislativo da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul – com o compromisso de manter seu nome no mais absoluto sigilo – e que revelou algo que vai além do interessante: sempre devolveu parte do salário para o vereador.

O fato não é novidade e aqui mesmo em Jaraguá do Sul há procedimento na Justiça apurando tal prática.

Após relato substancioso, o referido assessor disse que “há mais colegas na mesma situação”.

Vou ajudá-lo!

Estou colocando minha “banca de advogados” ao inteiro dispor – gratuitamente – para buscarmos o melhor caminho. Além da denúncia do crime cometido e que será levado às barras dos Tribunais, o meu entendimento é de que: o percentual do salário que foi repassado deve ser devolvido por quem recebeu indevida e criminosamente.

Vou aguardar que outros assessores que foram achacados, também demonstrem boa vontade em denunciar.

Faremos tudo sigilosamente!

Dou minha palavra!!

Sergio Peron

5 Comentários

  1. Está mais do que na hora do cidadão honesto se preocupar com o baixo meretrício da política. Existe mulher bonita, mulher feia e as peruas. Existe gente boa, gente ruim e políticos.

  2. isso é mais velho que cagar sentado, na prefeitura isso existe des-de que criaram as FGS, o chamado mensalinho, havia ou há até um tesoureiro ….
    a dica é “vender” com 4 letras.

  3. ENTENDO QUE DEVE SER DIVULGADO O NOME DOS ENVOLVIDOS.
    JÁ TIVEMOS CASOS ANTERIORES NA ADM MUNICIPAL….

  4. OS BABACAS DOS COMISSIONADOS ACEITAM A PROPOSTA DO VEREADOR QUANDO RECEBEM O CARGO, E DEPOIS FICAM RECLAMANDO QUE PAGAM UMA PORCENTAGEM PROS CARAS, ( VEREADORES ). OS Partido que não tem militancia que fomenta sua candidatura , é assim que funciona, de algum lugar tem que vir o dinheiro que o vereador gastou nas eleições e tem que arrecadar dinheiro pras próximas eleições, não tem magica pra ganhar eleições, só o dinheiro. Assessores golpista e traidore, KKKKKKKKKKKKKK.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *