17

ERA SEGREDO!

Venho guardando uma informação há alguns dias.

Não vou dizer que seja “importaaaaannnnte”, mas não deixa de ter um lado curioso e despertador de algumas indagações, ilações, cojecturas, previsões, suposições.

Há mais ou menos 10 dias, foi protocolado um pedido de documentos na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul…

– Não, não fui eu! Os meus novos pedidos virão em 2011 e posso garantir que teremos assuntos bem interessantes.

O que quero lhes dizer é o seguinte: o tal de Genilson Medeiros, dono da Fábrica de Show – aquela da X Calote – e que nunca foi encontrado para ser notificado para esclarecimentos sobre as obscuridades que envolveram o festerê, apareceu.

Mais do que isso: apareceu acompanhado de advogado e protocolou pedido de cópias de documentos na Câmara de Vereadores de Sodoma & Gomorra!

O que ele quer? Bem, são muitas acusações contra a referida empresa e que já foram encaminhadas para o Ministério Público. Se não me falha a memória, parece que houve até um pedido de inquérito policial sobre o caso.

– Ninguém noticiou isso? Ninguém sabia? A Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores não tomou conhecimento do caso? Tudo está sendo mantido em sigilo? Não falei antes, aguardando um pronunciamento oficial do Legislativo. Como nada aconteceu até o presente momento, eis a revelação da sexta-feira!!

Não há nada  sendo escondido, né?

15

7 APROVARAM A ROUBALHEIRA

Assim como eu, os leitores não tinham nenhuma dúvida: 7 vereadores aprovaram a Roubalheira da X Calote de 2009 e inocentaram a (arghhhh) prefeita. Até parecia “ponto facultativo” na prefeitura: auditório lotado, primeiro e segundo escalão(veja aí a fotenha) e com direito a “crime de racismo”. Mas isso será uma outra postagem. Um relatório contundente, real dos acontecimentos da X Calote, detalhado, apontando todas as irregularidades. Nem isso foi suficiente para convencer “os nobres fiscalizadores” do Legislativo. 

Não esperem nada da Câmara de Vereadores, cidadãos Jaraguenses.

A decisão foi a autorização tácita de que o Poder Executivo pode fazer tudo e ainda contar com o beneplácito dos vereadores. Votaram à favor da (arghhhh) prefeita: Ademar Possamai- DEM , Ademar Winter-PSDB ,Amarildo Sarti-PV, Isair Moser- PR, José O. de Avila-DEM, Lorival Demathe-PMDB e até a presidente Natália Lucia Petry-PSB.

Votaram pelo povo de Jaraguá do Sul: Francisco Alves e Justino Pereira da Luz- ambos do PT, Jaime Negherbon-PMDB e Jean C. Leuprecht-PCdoB.

Caso os leitores queiram ler o relatório na íntegra, basta acessar aqui: Relatório da Comissão Processante da X Calote 2009

6

COMEÇOU

Neste exato momento, nas dependências do auditório do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Jaraguá do Sul,  inicia-se a sessão extraordinária da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul para a leitura do relatório da Comissão Processante da Schützenfest 2009, com desvios que, somados às sonegações e assemelhados, ultrapassam a casa de R$1.500.000,00.

O citado relatório pugna pela cassação da prefeita e terá “voto em separado” do ex-relator e agora aliado, vereador Amarildo Sarti-PV. Para que isso aconteça, serão necessários 2/3 de votos – 8 votos favoráveis, ou seja, maioria absoluta.

O relatório corrobora todos os apontamentos que denunciamos no pedido de Comissão Processante – a ampla participação da prefeita em todas as maracutaias, na condição de ordenadora primária e gestora do município.

Como diria meu conterrâneo já falecido, um dos maiores narradores esportivos do rádio, Fiori Gigliotti:

– Abrem-se as cortinas e começa o espetáculo! É fogo, torcida brasileira!!

2

ADVOGADO ABANDONA CAUSA

O advogado Moacir Silveira, nomeado pela (arghhhh) prefeita Cecília Konell-DEM(fotenha esquerda) para defendê-la, protocolou às 10h42 de hoje, na Câmara, um documento informando que renunciou à condição de defensor . A assessoria da comissão tentou por três vezes notificar a prefeita entre segunda e terça-feira, porém, na Prefeitura, a informação é de que ela estaria em audiências externas. Sua filha e chefe de gabinete, Fedra Konell, informou que a mãe está em Florianópolis, de onde só deve voltar na quinta-feira. No final da tarde, quando a presidente confirmava que a sessão ocorreria de qualquer forma, veio a informação de que o ex-procurador da Prefeitura Volmir Elói (fotenha direita) era o novo defensor da(arghhhh) prefeita. O presidente da Comissão Processante da Schützenfest, vereador Jaime Negherbon (PMDB), confirma a realização da sessão especial de julgamento para esta quarta-feira, às 14 horas, no auditório do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Jaraguá do Sul e Região (STIV), conforme agendado.

Ps. Quero avisar que não tenho culpa nenhuma nas fotos!

16

SERÁ NA QUARTA

Está marcada para quarta-feira às 14 horas, a sessão para a votação do Relatório da Comissão Processante e que pede a cassação da (arghhhh) prefeita Cecília Konell-DEM(fotenha-não clica que amplia), pelo cometimento de infrações politico-administrativas na condução da Schützenfest 2009 , também conhecida como X Calote. Votaram pela cassação o presidente da CP, vereador Jaime Negherbon-PMDB e Justino Pereira da Luz-PT, o novo relator. O relatório anterior, produzido pelo vereador Amarildo Sarti-PV, cujo partido agora integra a base aliada da  (arghhhh) prefeita, inocentava totalmente a ordenadora primária de tudo. No relatório, Sarti disse “não ter observado evidências da participação da (arghhhh) prefeita.

– Com isso, acabamos de descobrir um outro efeito quando a pessoa ou partido é aquinhoado com cargos públicos: fica cego!

Segundo Jaime Negherbon-PMDB que preside a Comissão Processante, a votação em plenário é a forma mais democrática do processo e cada vereador poderá debater e demonstrar seu posicionamento.

Que houve irregularidades houve, investigamos a verdade dos fatos, que é nossa função. e agora, com as irregularidades constatadas, quero saber o voto de cada vereador”, concluiu o presidente.

4

FUI EU, FUI EU, FUI EU

O resultado da Comissão Processante da X Calote é tão aviltante, tão escabroso, tão espúrio, que lembra aquela competição para ver quem era a Polícia mais eficiente do mundo, vocês conhecem? Assim:

Uma competição tinha como objetivo descobrir entre o FBI, a Scotland Yard e a PM carioca a polícia mais eficiente do mundo. A prova consistia no seguinte: um coelho seria solto em um bosque e a polícia mais rápida seria a vencedora.

A primeira a procurar pelo coelho foi o FBI. Depois de meia hora os americanos retornaram com o coelho.

A segunda foi a Scotland Yard. Apenas 20 minutos depois do coelho ter sido solto eles já estavam de volta.

E finalmente chegou a vez da PM. Depois da permição dos juízes os policiais entraram em um “Camburão” e seguiram para dentro do bosque. O mais impressionante aconteceu! Depois de passados apenas 10 minutos, quando o Camburão retornou, abriu-se o compartimento e os juizes se depararam com um porquinho da índia todo machucado, ensanguentado. Perguntaram:

-O que significa isso?

Os PMs então se explicaram falando com o porquinho:

– Quem é você ?!

E o porquinho respondeu:

– Pelo amor de Deus, eu sou o coelho….

No caso da X Calote, o culpado sou eu e não se fala mais nisso!

4

PAUUUUUUUUUUU!!!

Acabo de falar com o Ronaldo Raulino. Liguei para ele e obviamente que meus questionamentos foram relacionados ao que disse a (arghhhh) prefeita de Jaraguá do Sul, Cecília Konell-DEM, na defesa da Comissão Processante da X Calote. Rapaz!! o ex-secretário municipal não economizou no verbo e nem eu vou fazê-lo na tinta. Disse o seguinte:

– Peron, escreva aí: – a prefeita anda tomando muito comprimido e tenho certeza absoluta que ela não sabe o que é entranhas! E os tais comprimidos estão fazendo ela ter alucinações em relação aos seus ex parceiros de trabalho. Não sei o que são “atos odiosos” porque isso não existe no meu vocabulário e não faz parte da minha vida! Entre as coisas que ela deve explicar está a seguinte -está anotando?

– Sim, tudo anotado!

– Por quê, tendo uma conta bancária aberta aqui em Jaraguá do Sul para receber os repasses para a festa, o marido dela, Ivo Konell, que era secretário de finanças e candidato, mandou o Jorge da Fundação Cultural, depositar R$ 150.000,00 numa conta lá em Tijucas? Porque era caixa de campanha e é uma vergonha que essas pessoas ainda continuem na política! Como é que só agora viram que o Jorge, um subserviente há mais de 25 anos, não presta, é despreparado? Se alguém provar que recebi uma lata de cerveja, quero ser preso. Essa senhora da empresa de bebidas me conheceu 30 dias depois da festa, nem sabia que eu existia. Vamos ver se na hora que o Ministério Público intimar para depor, e isso vai acontecer,  se o Ivo Konell conta quais assuntos eram tratados nos seus encontros com o Genilson da Fábrica de Shows na calada da noite?

– Preciso dizer que isso ainda vai feder?

7

SOBROU

Ainda sobre o caso da X Calote, versão 2009, a prefeita (arghhhh) Cecília Konell-DEM não poupou nem o presidente da Fundação Cultural, Jorge Luiz da Silva Souza. Segundo a rainh, digo, (arghhhh) prefeita,“é de fácil conclusão narrar que a liberação do valor de R$ 147 mil não obedeceu às normas estabelecidas pelo estatuto da Fundação Cultural, a qual determina que qualquer pagamento deveria ou deverá ser subscrito pelo presidente ou diretor financeiro!”, observa, para logo em seguida classificar a atitude de Jorge como “despreparo, desconhecimento e incompetência, não se atendo sequer em manusear o estatuto da fundação que preside”.

– Viu Jorjão!! Seu incompetente!!

E a (arghhh) prefeita disse mais: “houve conluio entre Ronaldo Raulino, a dona da Bebidas Príncipe, Maria Madalena, que não compareceu aos depoimentos mesmo diante de três convocações, das quais só justificou a ausência na primeira vez; e o dono da Fábrica do Show, Genilson Medeiros, “que conjuntamente, agindo na forma dolosa, apropriaram-se, desviaram e enriqueceram ilicitamente com dinheiro público, causando prejuízo ao erário e principalmente à sociedade jaraguaense”.

– E ninguém vai falar nada?

4

ME SEGUREM

Cecília

A Comissão Processante da Schützenfest deve reunir-se na segunda-feira (27 de setembro) para análise do relatório final que está sendo preparado pelo relator Amarildo Sarti (PV). O presidente Jaime Negherbon (PMDB) entregou para o relator toda a documentação reunida ao longo da investigação e o incumbiu de apresentar as conclusões em um prazo de cinco dias, que vence no domingo, contatos a partir da entrega da defesa da prefeita Cecília Konell.

Jaime está bastante satisfeito com o resultado do trabalho, que seguiu todos os trâmites e está dentro dos prazos estabelecidos, apesar das dificuldades da comissão pela ausência de alguns depoentes. Ele disse estar confiante na capacidade de trabalho do vereador Amarildo. “Se for possível, já analisaremos e colocaremos em votação dentro da comissão na segunda-feira mesmo”, informou Jaime.

Notificada, a prefeita Cecília Konell, que é investigada no processo de apuração das denúncias de infração político-administrativa e atos de improbidade supostamente cometidos durante a realização da Schützenfest de 2009, que resultaram em prejuízos que superariam os R$ 600 mil, negou qualquer envolvimento na organização da festa, tomando como base trechos de depoimentos das testemunhas.

Ronaldo

Na defesa, a prefeita classifica a denúncia que originou a Comissão Processante da Schützenfest de frágil e reitera que não concorreu “e muito menos cometeu os supostos e levianos crimes apontados contra sua pessoa”. Ela responsabiliza o ex-secretário de Turismo, Cultura e Esporte e presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), Ronaldo Raulino, por todas as irregularidades apuradas dizendo que não teve participação “nas entranhas montadas pelo senhor Ronaldo”, e que o mesmo foi exonerado de sua função de secretário “em razão dos odiosos atos cometidos por sua pessoa”.

Em outro trecho, ainda classifica a ação de Raulino como de “má fé” e sugere “que possivelmente em conluio com a Fábrica do Show, Genilson Medeiros, apropriou-se indevidamente de dinheiro público, enriquecendo ilicitamente

Por Rosana Ritta – Assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores

1

MUITA CARA DE PAU!

Preciso comprar alguns exemplares daquele cupinicida de nome “Jimo Cupim”, agora na versão aerosol e mandar para  (arghhhh) a prefeita Cecília Konell-DEM. Explico:

Segundo seu advogado, Moacir Silveira, em defesa entregue na Comissão Processante da Schützenfest ( que apura responsabilidades para um rombo que chega fácil a R$1.500.000,00 – entre calotes e sonegações, desvios e etc) no dia de ontem “conforme os depoimentos, Ronaldo Raulino, é o responsável”.

– Vai ser cara de pau assim lá na X Calote , versão 2010!! Portanto, carente de muito Jimo Cupim como protetor!!

Se consta que o grupo de trabalho era formado por servidores e secretários municipais, como a prefeita não tem responsabilidade? Se a festança foi executada em espaço público com a anuência e aquiescência da municipalidade, quem manda nessa merda? Se houve o beneplácito de recursos públicos, quem autorizou? Se ela própria assinou ofício oferecendo camorote ao empresário Wander Weege (que publiquei), como não tem envolvimento? Se há confissão tácita de que a “triangulação perigosa que postei em agosto de 2009” entre prefeitura, sociedades de tiro e fábrica de show para fugir de licitações, como não tem responsabilidade?

– Por favor, borrife mais 5 doses de Jimo!!

Claro que agora fica fácil jogar tudo pra cima do Ronaldo Raulino ( a quem avisei: não confie nesse povo!!), que não é mais servidor da municipalidade e deixar tudo por isso mesmo, como se nada tivesse acontecido. Nem vou apontar mais a quantidade de irregularidades que já destaquei aqui. Apontei e fiz minha parte: assinei a comissão processante junto com outros cidadãos que não aceitam falcatruas e primam pela apuração e penalização, conforme prevê a Lei para os responsáveis.

Agora, no julgamento da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, na aprovação do relatório ( se é que teremos um da CP), acho que precisarei aumentar minhas aquisições de Jimo Cupim!

– Ou será que o produto é outro, para outra espécie de praga?