16

NÃO ACABOU

Se alguém acha que todo processo eleitoral terminou, está tudo definido, preste atenção:

Há muita água para passar sob a ponte. Dependendo da decisão judicial, passará “sobre”.

Vou explicar resumidamente:

Por ocasião do pedido de registro de candidatura da postulante Maristela Menel (PSD) – ex-secretária de habitação de Sodoma & Gomorra – a Justiça Eleitoral foi acionada. Entre os argumentos do pedido de impugnação do registro, a parte citou que a pretensa candidata havia se desincompatibilizado do cargo de direito (no papel), mas não de fato, pois, continuava nas dependência do Paço 0 na antiga sala, dando ordens e tra lá lá – afim de amealhar alguns sufrágios (acho ótemo amealhar sufrágios).

A Justiça Divina deve saber os motivos pelos quais até o presente momento o caso ainda não foi sentenciado. Talvez, a oitiva de testemunhas, notificações e eticétera, tenham impedido a celeridade do processo. Caso o ilícito venha a ser comprovado, a tendência é pela nulidade dos votos. Simploriamente, algo assim: não possui registro ou registro anulado, invalida-se os votos.

E daí?

Well! Com a nulidade dos votos recebidos pela candidata Maristela Menel – 1.684 para ser mais exato – altera-se o quociente eleitoral.

E daí?

Très bien! O PP – Partido Progressista – que elegeu Dieter Janssen, conseguiu fazer dois vereadores por conta da maior sobra eleitoral, sendo que o professor Arlindo Rincos com 1010 votos será o afetado.

E dai?

Ocurre lo siguiente: O DEM – Democratas – que não conseguiu legenda pela falta de 150 votos, passa a ser o beneficiado direto e o postulante Charles Salvador – com 765 votos poderá ser conduzido ao Legislativo.

Vejam bem:

-Tudo isso ocorrerá, caso a Justiça Eleitoral entenda que de fato a candidata Maristela Menel usou do cargo para conseguir votos e restar provado nos autos, a suposta infração sob júdice.

PS. Estou mostrando que domino 3 idiomas!

Atualizando: O correto é ROGERIO JUNG – da Coligação PCdoB-DEM-PHS-PMN – que fez 1.292 votos e não DEM.

19

DESEMPENHOS ELEITORAIS

Sem pretender ser demasiadamente longo e nem arvorar-me como um “expert” em política, vamos fazer uma pequena análise da eleição Legislativa -partidariamente falando –  em Sodoma & Gomorra – a nossa Jaraguá do Sul, relacionando as siglas com assento na Casa de Leis.

Partidos que perderam:

O PT – Partido dos Trabalhadores – com pessoas carregadas de vaidades pessoais perdeu 50% da sua representatividade na Câmara de Vereadores. De dois vereadores – Francisco Alves e Justino Pereira da Luz – ficará com apenas um: João Fiamoncini. – e quase ficou de fora.

O DEM – Democratas – ao aliar-se com a família Konell em 2008 – jogou no lixo o pouco da história que possuia em Jaraguá do Sul. De um vereador (Ademar Possamai) – ficou sem nenhum.

Partidos que ganharam ou mantiveram

O PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira – ampliou sua representatividade em 100%. Além do vereador Jair Pedri (o mais votado), ainda manteve Ademar Braz Winter.

O PV – Partido Verde – inteligentemente usaram alguns candidatos, somaram votos e com isso garantiram a permanência do vereador Amarildo Sarti, que por sinal, ampliou sua votação.

O PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro – perdeu vereador (Loli Demathê), ofereceu o candidato ao cargo de vice-prefeito (Jaime Negherbon) e ainda manteve as duas cadeiras de 2008.

O PP – Partido Progressista – Não possuia nenhum vereadores e agora passa a contar com duas cadeiras no Legislativo.

O PSD – Partido Social Democrático – Manteve a representatividade. O candidato Jeferson JJ Bordados foi eleito e reelegeu José Osório de Ávila – o Zé da Farmácia.

O futuro não se mostra muito promissor!

37

E AS PESQUISAS?

Recentemente – no grupo de discussões Eleições Jaraguá do Sul no Facebook – escrevi o seguinte:

“Metade do que aconteceu em Jaraguá do Sul em termos de pesquisas e institutos, daria cadeia na divisa do Paraguai x Bolívia.

Os resultados foram vergonhosamente manipulados. O eleitor foi enganado e como dizem “tirado para bobo”.

Na semana passada – postagem CHEIRO DE MUTRETA – alertei mais uma vez sobre a manipulação, o embuste! Vejam o panfleto que foi esparramado pela cidade toda:

– Quem estava mentindo?

– Não foi um resultado criminosamente fabricado?

– Foi à pedido de quem?

E segundo relatos, algumas pessoas andavam garganteando que “se não haviam conseguido tirar a candidata Cecília por vias juddiciais, agora em com pesquisas vantajosas, não tirariam mais”.

Ledo engano! A horda composta por anão ordinário, usurário e rezador, asseclas de todas as matizes, lambe-botas e puxa-sacos da pior espécie, caiu do cavalo. A teta vai secar e a ante-sala do Judiciário os aguarda.

Enquanto isso, os servidores públicos efetivos precisam atentar:

– Quem fez da atual atual administração uma gamela e raspou-lhe o fundo, vai querer levar o recipiente!

43

MUDOU, PERO NO MUCHO

O cenário dos eleitos na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul mudou, mas nem foi tanto:

Clique para ampliar

Dos concorrentes (não foram candidatos atuais: Ademar Possamai-DEM , Jean Leutprecht -PCdoB, Jaime Negherbon -vice eleito) quatro foram reconduzidos. São os chamados nichos criados ao longo do mandato, o que nem todos conseguem. Vejam os exemplos dos vereadores Francisco Alves e Justino Pereira da Luz, ambos do PT.

O PSDB aumentou um vereador e a votação de Jair Pedri – mais votado – era esperada. O PP que não elegeu nenhum vereador em 2008, passa a contar com duas cadeiras. A novidade fica por conta do vereador Jocimar Lima-PSDC.

A base de apoio do prefeito eleito Dieter Janssen contará com 5 vereadores e em tese (muito em tese), 6 serão oposição.

52

E AGORA SODOMA&GOMORRA?

Disse que haveria ranger de dentes por volta de 19 h 30 min.

-Errei! Foi bem antes!!,

Um governo de mentiras, maracutaias, improbidades diversas, verdadeira horda tomou conta da prefeitura de Jaraguá do Sul. A resposta do povo não poderia ter sido melhor e não se esperava outra coisa. Até a imagem da candidata foi alterada: tentaram dar ares de santidade! Erro crasso!

– Ah! Mas quero ver o anão perverso, rezador, usurário e vendido, cantar loas ao Paço. A fonte vai secar!!

Há também outros asseclas, puxa-sacos, lambe-botas – todos desesperados neste momento.

– Me lembro de um em especial: que usou meu nome para disparar e-mails ofensivos na campanha! O povo me conhece, assim como conhece de onde partiu a falsificação! Me aguarde!

O PD -Primeiro-damo – que se acha acima do bem e do mal, perdeu a eleição mais uma vez! Creditem ao destemperado as lambanças ocorridas em 4 anos. Enfiou a esposa na sala de espera da Justiça pelos próximos 20 anos.

A contatação é simples: a verdade demora, mas aparece!

35

CHEIRO DE MUTRETA

Na reta final da campanha eleitoral e de quem vem não se espera nada diferente, surgem fatos – no mínimo – criminosos!

Ao abrir minha caixa de correio eletrônico na noite de ontem, deparo com o seguinte e-mail:

Boa Noite Sr. Peron.

Está circulando um panfleto (inclusive dentro da Prefeitura) referente uma pesquisa eleitoral feita nos dias 01 e 02/10/2012 da empresa Cooperfil sob nº de registro 00357/2012 – TRE/SC, no qual consultei o site do TRE/SC e nada consta em relação a esta pesquisa.

Números da pesquisa: Cecilia 40,38 – Dieter 31,64 – Moacir 19,08 – Indecisos 5,56 – Branco/Nulo 3,34 – Margem de erro 4,0 %

Como uma pesquisa feita nestes dias e sem constar no TRE/SC e impressa provavelmente pela Gráfica do filho da prefeita em papel colorido já está circulando. Tem cheiro de mutreta. Se quiseres tenho um panfleto destes.

Diante do inusitado, fui pesquisar agora pela manhã. Fuça daqui, cavoca de lá, encontrei o seguinte:

Clique para ampliar.

– Claro que pedi para o dedicado leit0r enviar-me cópia do tal panfleto!

Se não houver falha no sistema de registro de pesquisas – como já vimos em alterações de datas, eticétera e eticétera – em tese, poderemos ter descoberto a existência de:

– Falsificação de documento

– Tentativa de indução do eleitorado do Paço (que não acredita neles)

– Uso de meio ilícito para a captação de votos

Como sou pela democracia ampla e plena, vou fazer um pedido aos diletos leitores e leitoras:

– Mais alguém pode pesquisar a veracidade da tal pesquisa e me passar o resultado do que encontrar? Podem mandar como comentário ou no meu e-mail: sergioperon@uol.com.br

Fico no aguardo!

Atualizando: 8.28 min – Leitor já enviou comentário dizendo que a pesquisa existe. Como de costume, com dados estranhos.

29

OS MIMOS E A LEI

A atual administração de Jaraguá do Sul – perita em flertar com ilegalidade e desafiar a Lei – dá mostras de que pouco se importa com as vedações previstas pela Justiça Eleitoral para o pleito de 2012.

Segundo a Lei, entre as proibições está:

– Confecção, utilização e distribuição, por candidato, comitê, ou com a sua autorização, de camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou quaisquer outros bens ou materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor.

Agora, prestem atenção na foto abaixo:

Algum lambe-botas até poderia argumentar que “os mimos” fazem parte da estratégia para “aliviar o peso” dos componentes do palco. Porém, o argumento é frágil e uma foto vale mais do que mil palavras.

Vejam que as crianças recebem os brindes, ação vedada pela Justiça Eleitoral.

– Será que o Ministério Público Eleitoral tem conhecimento disso? Agora tem!

Admirável mesmo é o comportamento das coligações em (todas) Sodoma & Gomorra que – mesmo sabendo de tudo isso, mesmo tendo um jurídico para dar sustentação – não fazem absolutamente nada.

Devem estar esperando que “alguém com boa vontade” leve ao conhecimento do MP Eleitoral. Desculpas para que não se envolvam sobram à mancheias:

– Tenho uma loja de 1,99 e posso me prejudicar… eu sou comerciante, não dá…sou amigo de um parente, não posso

É muito sangue de barata para um lugar só! É muita frouxidão!

A omissão deve ser genética!

45

POUCO TEMPO

Mais alguns dias e acaba o período eleitoral.

Amanhã já termina o horário de propaganda no rádio e TV. No domingo, o grande dia!

Durante o “Café Pensante” de segunda-feira, além de falarmos sobre metodologia e institutos de pesquisas, lembramos um outro fator importante para quem conhece Jaraguá do Sul – a nossa Sodoma & Gomorra da atualidade:

– Com a abertura e contagem de meia dúzia de urnas eleitorais, algo como: Ilha da Figueira, Centro, Vila Lenzi, Barra do Rio Cerro, Santa Luzia e Água Verde, já é possível saber quem vai levar a eleição majoritária.

A tendência do eleitorado é praticamente imutável. Portanto, com meia hora de apuração já haverá alegrias e ranger de dentes.

A demora maior ficará por conta dos candidatos ao Legislativo! Ainda assim, nada que não possa ser previsto!

Recomendo o seguinte:

– Vá no site da Justiça Eleitoral e verifique nome por nome em cada sigla! Separe o candidatos com maiores chances e arrisque uma votação. Lembre-se de que: o quociente eleitoral de cada legenda para ocupar uma cadeira é de aproximadamente 8 mil votos. Feita a votação de legenda, o mais votado será eleito.

O leitor/leitora deve levar em consideração as chamadas “sobras” – votos que ultrapassem os 8 mil e que podem garantir o segundo vereador, por exemplo: é possível que a legenda que fizer 12 mil votos, tenha o segundo eleito.

Faça as contas! É possível que você chegue na seguinte conclusão:

– Tendo em vista os nomes postos por cada partido, o índice de reeleição poderá bater nos 50%.

9

MAS QUE VIOLÊNCIA

No domingo, dia 30 de setembro, durante a carreata do 55, a maior carreta da história de Guaramirim, com aproximadamente 2.300 carros, os adversários tentaram de varias formas bloqueara manifestação democrática da“Coligacão Agora Sim Guaramirim” no Bairro Corticeira. A Policia Militar de Guaramirim foi acionada em um primeiro momento e posteriormente foi chamada a tropa de choque do 14º batalhão de Jaraguá do Sul. Pessoas foram agredidas fisicamente e verbalmente. Mais de 20 carros dos simpatizantes do 55foram danificados. Num dos atos, um motorista visivelmente embrigado, investiu o veiculo (adesivado com o 15) pra cima de carros estacionados, atropelando cinco mulheres.

Por: Assessoria de Imprensa

Pitaco meu:

– Ué! Mas não deveria ser uma campanha política onde cada um pode manifestar suas preferências?

36

TENHO TODOS

Agora, tenho todos os planos de governo dos pretendentes ao Paço em Jaraguá do Sul.

De antemão e para evitar a alegação de que não foram avisados:

– Seja quem for o vencedor, a primeira análise que faremos será do secretariado do vencedor! Vamos verificar detalhadamente os critérios de escolha: capacidade, ficha limpa, conhecimento de causa, partidarismo, comprometimento, histórico e eticétera.

O segundo escalão – cargos com poder de decisão – também estará sob avaliação!

Já escrevi várias vezes, mas não custa repetir:

– Não tenho compromisso com candidaturas majoritárias!

Cada eleitor que trate de avaliar as propostas e que faça a decisão com o que melhor lhe aprouver. No entanto, vou repetir o que disse no facebook:

“Quem vota em político corrupto não é vítima! É cúmplice!”