14

AQUI A GATA MIA!

Gosto de matar a cobra e mostrar o pau (que matei a cobra, evidente) e MAIS UMA VEZ VOU PROVAR que os administradores de Jaraguá do Sul vivem tentando enganar o povo e até o germânico Alcides João Pavanello, presidente da Comissão Central Organizadora da X Calote, versão 2010, entrou na onda.

E meus colegas de imprensa que não questionam nada?

Falei ontem que ” caso a Schützenfest de 2010 tenha dado lucro, saio nú pelo calçadão” e hoje vejo no jornal O Correio do Povo, o balancete abaixo:

Cadê as despesas com energia elétrica? As reformas? A decoração? Servidores Municipais que foram utilizados? Isso não faz parte do festerê ? Querem mentir para quem? Algumas “antas” podem até engolir, mas não eu!! Vamos colocar tudo na ponta do lápis e verão que a festa foi deficitária, no mínimo, o triplo do lucro que apontam.

Ô raça ordinária!!

14

RECÁLCULO!

Leitor me instiga (na verdade acho que a vida me instiga o tempo todo) a falar sobre o propalado, cantado e decantado lucro de R$ 80.000,00 da Schützenfest/2010, ocorrida em Jaraguá do Sul-SC e que no ano passado causou um rombo que ultrapassa “frouxinho” R$1.500.000,00.

– Bem, meu amigo! Se você quiser, faço o “festerê” dar R$ 160.000,00 de lucro!! Mas, também posso abater em muito o que andam “cantarolando”!!!

Senão vejamos:

– Vamos considerar que a festa “amealhou” R$ 375.000,00 dos cofres públicos com a aquiescência, anuência, subserviência, obediência e outros “encia” dos vereadores. Bem, a isso você deve somar outras coisas que ficaram por conta do povo, restou “à burra” da prefeitura (me refiro ao equipamento conhecido como caixa registradora e não a qualquer outra coisa ou pessoa), tipo: consumo de água, energia elétrica, material de limpeza, reformas promovidas, decorações, pessoal e etc, não falando de “alguma barrilzinha da chopinha” que possa ter rolado, sem querer!

Mas a matemática assim, pura, simples e sem maquiagem, o pessoal da prefeitura não conhece, menos ainda a turma da CCO, sob os auspiciosos olhares do germânico Alcides João Pavanello, originário das proximidades do mar do norte, região de Neumunster, que fica perto de Szczecin.

Coloquem tudo na ponta do lápis, sem querer enganar o povo! Se a “festança” deu R$80.000,00 de lucro, desfilo nú pelo calçadão e gritando:

– Ahá! Uhú! O chopp é nosso! Ahá! Uhú! O Chopp é nosso!!

Obs. Não será a visão do inferno! Tem corpinho oficial em pior estado que o meu!! Botox demais! Para rir, tem que levantar uma perna!!

9

NÃO FALAM A MESMA LÍNGUA

Alcides Pavanello- discorda

Que “os homens falariam línguas estranhas e inintelegíveis” é bíblico, mas a organização da versão 2010 da Schützenfest anda se superando. A falta do fornecedor da “shoppinha” anda confundindo a cabeça da turma. E podem apostar que a “falta”, tem a ver com o calote do ano passado. Ah! Falando nisso, disseram de novo que foram vendidos 40 mil litros do fermentado em 2009. Façamos as contas: 40 mil litros, média de 3 chopps por litro (resta 100 ml), multiplicado pela sobra, vezes o desconto, caiu um zero, média de 146.700 chopps x R$4,00 cada, resulta  em  R$ 590.800,00!!! E ficam falando que o prejuízo da festa passada foi de R$450.000,00? Há ha ha! Contem outra piada.

Mas voltando à língua! Disse Agostinho Goslar de Oliveira, responsável pela divulgação oficial da festa – que em tempos idos era conhecido como “Agostinho Pitbull” , falava de tudo e de todos, dava nota para os vereadores e que brandiu uma vassoura na sua campanha para vereador , não sendo eleito porque não convenceu ao povo da limpeza que pretendia fazer – disse que “o que prejudicou as primeiras tentativas de se achar um fornecedor de chopp foi o valor mínimo exigido e que a polêmica da festa do ano passado, afastou os fornecedores”

Já o presidente da CCO, Alcides Pavanello afirmou que “discorda e que o valor mínimo não teve influência na decisão das empresas”.

– PQP! O divulgador diz uma coisa e o coordenador da CCO, afirma outra? Será que dá pra chegar num termo comum e falar a mesma língua?

5

TEM BOI NA LINHA !

Tenho procurado avisar aos organizadores da versão 2010 da Schützenfest, sobre cuidados e riscos de coisas feitas “nas coxas”. Já alertei, mas parece que o pessoal não aprende. A intenção de licitar o fornecimento de chopp é a correta, mas de boa intenção o inferno está cheio. Fizeram um edital de licitação leonino e nenhuma empresa demonstrou interesse. Abre o precedente para que “entendamos” que complicaram a coisa de propósito. Já “esticaram” o prazo e nada de aparecer fornecedor. Chegaram a publicar o edital 133/2010 – em 30 de setembro/2010 onde afirmam que o “edital contém exigências demasiadamente complexas, desproporcionais e algumas inoportunas” e que sua republicação “restará deserta”, ou seja: de novo sem interessados. Estabeleceram nos primeiros editais que o valor  da concessão para o fornecimento de bebidas por 5 dias, seria da ordem de R$85.000,00. Agora, diminuíram para R$ 65.000,00.

Aí que mora o perigo! Alegando “interesse público”, muito embora não se saiba qual, não aparecendo um fornecedor interessado, irão contratar SEM LICITAÇÃO  e lá se foi a vaca para o brejo, mais uma vez.

-Estou realertando que : estamos de olho!!

3

SEN-SA-CI-O-NAL!

Leitor atento é outra coisa!! Puxei o comentário como postagem, porque é pra lá de pertinente e me causou um “farfalhar de risos”, bem agora, pertinho da minha lauta refeição. Leiam o que o perspicaz leitor escreve:

Ouviu esse Peron: Rádio NBR- “mistério na divulgação da empresa que fará o fornecimento do Shopp para a versão 2010 da X calote, mas os preços já estão acertados”…. e Segue: “tentamos falar com o Alcides Pavanelo durante toda a semana mas está meio difícil encontrar o “HOMI”, e deve ser por conta do grande número de reuniões etc, etc….”

É boa essa nénão??? Quando finalmente o Honroso foi encontrado, disse que por conta da legislação não poderia ainda ser divulgado o nome da empresa “vencedora” e que isso só será possível a partir de segunda-feira, mas que o CHOOOOPPPP será de excelente qualidade. Fico imaginando ka kos meus botões: como posso saber o preço do caneco do precioso líquido, se não sei quem irá fornecer??? Qual seria a tal legislação que impediria essa divulgação??? Porque só na segunda?? Não teria nada a ver com as atividades do Domingo, Teria???!!

– Ha ha ha ha! Sabem que vai fornecer o fermentado, tem excelente qualidade e não pode divulgar o nome?? Só falta dizer que não sabem quem venceu a licitação!!!!

– PQP! Vai começar tudo de novo?? E o Amarildo Sarti vai ser o relator? Vou ali dar umas gargalhadas, depois eu volto, tá?

10

PERGUNTAR NÃO OFENDE!

Magnânimos leitores e leitoras!

A título de esclarecimento, facilitar meu entendimento, porque acho que ando vendo coisa “fora de esquadro”, absurdamente inconcebíveis, do tipo que só acontece em Jaraguá do Sul-SC. Feita a devida justificativa, pergunto:

– É comum o sujeito levar um calote de mais de R$ 230.000,00 na X Calote e ainda assim, voltar a ser fornecedor de quem lhe deu um boné? Ou isso não tem nada a ver com a conta do ano passado? Ou faz parte do pacotão de acertos?

Me expliquem aí!!

12

E VAI ROLAR A FESTA, VAI ROLAR…

Ein Prosit, ein prosit!!!

Mal começou a “festança”, aliás, nem começou – salvo aquela “lídima demonstração de como tomar chopp no desfile de 7 de Setembro” e já surgem as primeiras falcatruas, os passos iniciais de “desvios” de conduta.

– Ah! Meu Deus!! Essa gente não aprende!!! E eu, também não me canso de falar!!

O material de divulgação da X Calote, versão 2010 está sendo direcionado. A Agência Talens de Propaganda ( a mesma da vez passada), que é contratada da Prefeitura de Jaraguá do Sul está no circuito novamente. Sob o argumento não revelado publicamente de “doações de material”, ter os “melhores pontos”, a empresa Vê Mais está tendo a preferência para produzir os outdoors do “festerê” com dinheiro público!!

-Ah!! Jesus!! Será a versão II?? É assim que a CCO, sob os auspícios do senhor Alcides João Pavanello, conduzirá o “furdunço”??

-Me ajudem aí!!! Viva a Câmara de Vereadores que aprovou a grana!!! Viva o povo que é cordeirinho!! Viva os caras preocupados com as eleições para presidente, enquanto cagam em suas bocas!!! Viva a omissão, a obediência, a subserviência, viva o povo que é frouxo!!! 

Ô raça !!!!

9

O VOTO NOSSO DE CADA SESSÃO

Se pensam que me esqueci, ledo engano. Ainda sobre a votação do repasse de R$ 375 milhas para o “festerê” de 2010, continuamos a relatar sobre o voto de cada vereador.

O presidente da Comissão Processante da Schützenfes 2009, Jaime Negherbon-PMDB, sequer dignou-se a se abster da votação, mesmo estando presidindo um procedimento legislativo, onde todas as provas demonstram claramente que a tal X Calote, foi eivada de atos de improbidade. Ao anuir com o repasse de mais dinheiro público para o que foi “a maracutaia da história jaraguaense”, Negherbon vota avalizando que, roubalheira do passado é do passado, e que tudo fica por isso mesmo. Leiam a manifestação do nobre edil, segundo a assessoria da Câmara de Vereadores:

-“Jaime Negherbon (PMDB) também disse que sabe que este projeto é polêmico, mas entende que o problema foi em 2009 e esta festa é tradicional na cidade, já faz parte do calendário de Jaraguá do Sul, e vê que a cidade tem que ter cultura e lazer, e a festa precisa existir. Ele disse que fica preocupado com a terceirização da festa, “pois os caras levaram um monte de dinheiro e não explicaram até hoje”.

– E os nobres leitores ainda acham que devo esperar alguma coisa da Comissão Processante?

12

O VOTO NOSSO DE CADA SESSÃO

Conforme prometi, vamos relatar o voto de cada vereador na sessão da Câmara de Jaraguá do Sul-SC, em relação ao repasse de recursos públicos à Schützenfest ( Festa do tiro para quem ainda não sabe) e que no ano passado entre desvios, notas falsificadas, sonegação de impostos, práticas do gênero e ações correlatas, registra um rombo que ultrapassa brincando a casa da bagatela de R$ 2.000.000,00. Leiam o que disse o vereador Ademar Possamai-DEM, líder do governo, conforme release mandado pela Rosana Ritta da Assessoria de Imprensa da Câmara:

O líder de governo Ademar Possamai (DEM) raciocinou que se a Prefeitura não fizer a festa neste ano, havendo condições para isso, corre o risco de no ano seguinte não acontecer de novo. Ele disse que apoia as investigações, que atuam dentro da legalidade, buscando responsabilidades, mas reforçou que não gostaria de ser juiz e não colocar em julgamento a culpa das pessoas que trabalham voluntariamente pela cultura. “A festa trouxe para as sociedades um sentido novo, isso faz as sociedades manterem viva esta tradição. São recursos importantes”.

Recuerdo meu: O vereador Possamai votou contra a criação da CEI da X Calote , votou contra o relatório produzido pela CEI e se houver ( se houver) relatório da Comissão Processante , votará contra também. Quem será que o nobre vereador quer enganar?

3

NOSSA GRANA !

Com sete votos favoráveis e três contrários dos vereadores Jean Carlo Leutprecht (PC do B) e da bancada do Partido dos Trabalhadores, formada por Justino Pereira da Luz e Francisco Alves, a Câmara de Jaraguá do Sul garantiu na sessão desta terça-feira (31 de agosto) a destinação de R$ 375 mil de recursos do município para a realização da Schützenfest deste ano. O projeto nº 254/2010, de autoria da Prefeitura, foi colocado em votação logo depois de o vereador Justino liberá-lo, já que ele havia pedido vistas ao mesmo na sessão anterior.

A aprovação do polêmico projeto foi garantida por meio de votos do presidente da Comissão Processante da Schützenfest, Jaime Negherbon (PMDB), que pediu o voto do seu colega de bancada, Lorival Demathê, que assim como o vereador Isair Moser (PR), o Dico, argumentou que dava um voto de confiança ao município por entender que a população quer a festa, que é uma manifestação cultural, além da bancada governista Ademar Winter (PSDB), Ademar Possamai (DEM), José Osorio de Avila (DEM) e ainda do vereador Amarildo Sarti (PV).

– Alguém ainda acha que devemos esperar alguma coisa da Comissão Processante?