3

MENOS 12

A promessa do Secretário de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina Cesar Augusto Grubba (foto) – de que os Policiais em formação no 14º BPM ficariam em Jaraguá do Sul – poderá ficar só na promessa.

Segundo Grubba, além dos 32 formandos, a área de abrangência do 14º BPM – que compreende Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, Corupá e Massaranduba – poderia ser contemplada com outros 9 PMs.

Oficiosamente – nem uma coisa e nem outra. A notícia ainda não foi oficializada.

Informações dão conta de que 20 PMs permanecerão no Batalhão de Jaraguá do Sul. A ordem teria partido do Comando Regional – leia-se Coronel Chaves – que já comunicou a redistribuição dos policiais e limitou o número de 20 para a nossa região.

Em Florianópolis, a PM está formando 350 novos policiais e distribuindo-os conforme o “grito” representativo. O município de Tubarão, por exemplo – sem previsão de aumento de contingente – levou uma turma.

Hoje pela manhã – durante entrevista no Studio Atualidades – repassei a informação para o Deputado Estadual Carlos Chiodini (PMDB). A notícia EXCLUSIVA em primeiríssima mão – como era se se esperar – pegou o parlamentar de surpresa.

Segundo Chiodini, o caso será tratado diretamente com o Secretário Cesar Grubba e o encontro entre ambos – já está agendado para a próxima semana.

22

FAZER SIM, FALAR NÃO!

Quando a população brasileira clama por mais segurança e vemos todos os dias as TVs e jornais noticiando:

– Bandidos executam reféns em assalto

– Família passa horas de terror nas mãos de bandidos

– Assaltantes explodem caixa e matam vigia

E mais dezenas de manchetes que nos transformam em prisioneiros e os bandidos em libertinos, o delegado Cláudio Monteiro foi exonerado do cargo de Diretor da DEIC/SC por ter expressado o que é o sentimento de quem figura como vítima de um assalto ou tem alguém da família executado por bandidos.

Ao comentar os ataques a caixas eletrônicos no Estado e após a prisão de uma quadrilha, ele teria dito:

– Se vierem para SC, podem ter certeza: vão ser presos ou mortos. Porque se vier para o confronto, nós vamos matar.

Errou ao falar a palavra “matar”.

Poderia ter dito: enfrentar, responder no mesmo tom, a resposta será dura e eticétera.  Poderia até fazer o que havia pensado, menos falar.

Lotado em Balneário Camboriú e há mais de 10 anos na DEIC, deverá retornar à cidade de origem.

1

PAPAGAIO FOI PRESO

Deu no clicrbs:

O assaltante Cláudio Adriano Ribeiro, o Papagaio, comia churrasco no quintal de uma casa no Bairro Limeira, quando foi surpreendido pela polícia na tarde deste sábado, por volta das 14h, em Brusque, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Papagaio estava na casa de Rogério Nicoletti, morador da cidade.

O clima era de festa de Natal, onde também estavam familiares de Nicoletti. Foi então que seis policiais à paisana integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), coordenado pelo Ministério Público catarinense, entraram na moradia. Os policiais afirmam que Papagaio tentou resistir à prisão, precisou ser dominado e que por isso estava sujo de barro e com pequenos machucados no rosto quando chegou à Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Florianópolis.

Pitaco meu: Mas um Papagaio que come churrasco deve ser preso mesmo! Se fosse semente de girassol…

15

EM CANA!

Encontra-se na Delegacia de Polícia da Comarca de Jaraguá do Sul, Josilério dos Santos – vulgo Josi.

No decorrer do inquérito policial presidido pelo delegado Leandro Mioto Ramos foram ouvidas as vítimas do estelionatário, o que resultou em cinco indiciamentos pelo crime capitulado no artigo 171 do Código Penal. Segundo a polícia, o número de vítimas pode ser muito maior. A vergonha em fazer o boletim de ocorrência sempre ajuda o criminoso. Josilério oferecia aparelhos eletrônicos com valores muito inferiores aos de mercado para suas vítimas. O golpe consistia no seguinte:

Convencendo o escolhido de que o negócio “era da China”, Josi pedia um adiantamento pelo (s) produto (s), geralmente em torno de 50% do valor da aquisição. A partir de então começava o calvário: sem o produto adquirido, sem o dinheiro e sem ver o Josilério.

Em outubro/2011, fomos procurados por uma das vítimas. Imediatamente entramos em contato com a Delegacia de Polícia e relatamos o fato (com fotos), o que foi prontamente acolhido. 

O golpe : no centro de Jaraguá do Sul, Josi tentou comprar um “iphone” – último modelo – usando documentos em nome de José Santana. Apesar de toda dificuldade estrutural na Polícia Civil de Jaraguá do Sul, o delegado Mioto deu celeridade ao caso. Entre os motivos, estava o ato criminoso continuado e sistemático – que deve passar de uma dezena de vítimas – compradores de TVs LCD, Laptops, Notebooks e outros. O pedido de prisão preventiva foi atendido pela Justiça. Preso na manhã de hoje, Josi deverá ser encaminhado ao presídio no Jaraguá 84 no início da tarde.

Caso mais alguém tenha sido vítima, compareça à Delegacia de Polícia da Comarca e procure pelo Delegado Mioto.

Fone da Delegacia: (47) 3371.0123

14

QUE PIADA!!

A Rede Globo de televisão, em pleno Jornal Nacional de sábado, anunciou em longa matéria:

– A polícia vai ocupar a favela da Rocinha, o Vidigal e a Chácara do Céu na madrugada de domingo. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, aos 2 minutos de domingo os blindados começam a subir. Meia noite e quinze, os carros mais leves, meia noite e trinta subirão mais carros, meia noite e trinta e dois policiais à pé, depois helicópteros. Descreveram cada passo que seria dado “pelas forças de ocupação”.

Dois dias antes, o traficante “Nem” – devidamente dedurado por alguém, foi preso! No seu depoimento – que vai passar logo mais no Fantástico – ele afirma que direta e indiretamente, sob seu comando ,  800 pessoas trabalham no tráfico.

Preciso fazer umas perguntas idiotas:

– São 800 santos? Simplesmente trabalhadores? Claro que não! Todos são bandidos, traficantes que conhecem os caminhos e principalmente, onde buscar as drogas. Foram presos?  Ficaram sem liderança?

Isso é uma piada! O traficante Antonio Bonfim Lopes– o Nem da Rocinha (foto) – possui uma estrutura com hierarquia de mando, verdadeiro exército formado por outros 800 traficantes. Se prenderam alguns, são os principais mandatários e obviamente serão substituídos, continuarão obedecendo quem mandava antes. Ocuparão outros lugares no Rio de Janeiro, em outros estados.

A ampla divulgação da ação foi exatamente para evitar o confronto, poupando moradores e os próprios policiais.

Ainda que 50 integrantes do bando de Nem tivessem sido presos, outros 750 foram avisados para que escapassem.

O governo carioca faz de conta que executa alguma coisa e a população faz de conta que acredita!!

2

CAIU!

Na manhã de terça-feira, dia 30, policiais militares da Agência de Inteligência (P-2) do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) realizaram a abordagem de um homem suspeito no bairro Praia dos Amores, em Balneário Camboriú.

Após busca pessoal e veicular, foram encontrados na posse do abordado aproximadamente 5.000 comprimidos de êxtasy (conhecida como pílula do amor), além de uma pistola Glock, cal.380, com 12 munições, 100 gramas de “skank” (droga semelhante à maconha) e uma balança de precisão.

Diante dos fatos, o homem foi preso em flagrante e conduzido à delegacia, juntamente com o material apreendido, para os procedimentos cabíveis.

A Polícia Militar, por meio da Agência da Inteligência, já vinha colhendo informações sobre a prática deste crime há alguns meses e continua s com ações para prender outros suspeitos de envolvimento com o tráfico de entorpecentes na cidade de Balneário Camboriú.

Por Manuella Perrone Marques, da Seção de Comunicação Social 12º BPM 

Foto: soldado Valdecir Kloehm – 12º BPM)